Parceria entre Qualcomm e Ericsson vai trazer avanços para a IoT no Brasil

Por Ares Saturno | 13 de Março de 2018 às 15h27
Tudo sobre

Qualcomm

Para auxiliar no crescimentos das tecnologias de Internet das Coisas no Brasil, uma parceria entre a Ericsson e a Qualcomm está desenvolvendo aplicações e serviços com o uso do modem multimode global, que terá aplicações comerciais e industriais.

A Ericsson tem longo histórico como fornecedora de infraestrutura em telecom no país, com seu Centro de Inovação que já gerou mais de 95 patentes. A marca tem uma fábrica instalada no Brasil há mais de 60 anos, desenvolvendo cerca de 70 projetos por ano.

Já a Qualcomm, fabricante de chipsets reconhecida mundialmente, planeja dar início a um centro de referências para cidades inteligentes e as soluções apresentadas por esse centro serão testadas em cidades brasileiras, a depender de contratos com governos locais.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Alguns dos projetos em conjunto das duas gigantes incluem soluções voltadas para melhorias de eficiência do uso do solo no agronegócio, rastreamentos de veículos e inovações no âmbito da segurança de cargas e transporte logístico, além de serviços de monitoramento de semáforos e iluminação pública inteligentes.

Sobre a aliança, Eduardo Ricotta, presidente da Ericsson Brasil, comentou: “A banda larga é o ponto de partida para as cidades serem mais inteligentes. As redes móveis são a base para permear conectividade em todas as verticais da sociedade, ajudando em questões essenciais, como trânsito, segurança e educação. Não podemos nos esquecer de que a cada 10% de aumento na penetração de banda larga, há 1% de aumento no PIB de um país. Ao conectarmos o agronegócio, promovermos cidades mais inteligentes, e viabilizarmos uma plataforma de integração para os diversos elementos do ecossistema de IoT, tornamos o país economicamente mais eficiente”.

Já o presidente da Qualcomm da América Latina, Rafael Steinhauser, falou: “A Qualcomm Technologies entrega mais de um milhão de chipsets para Internet das Coisas por dia e está, portanto, tem amplas condições para oferecer suporte ao ecossistema brasileiro de IoT.Estamos felizes em trabalhar com a Ericsson para ajudar a acelerar a adoção de aplicações de IoT para cidades inteligentes e aplicações comerciais e industriais. Com soluções sendo desenvolvidas localmente, temos grande capacidade de atender demandas especificas dos consumidores do país”.

Vale lembrar que a Ericsson tem uma atuação bem sucedida com prefeituras brasileiras, como na implementação do primeiro ônibus 3G da América Latina em parceira com a Prefeitura de Curitiba, a aliança para soluções em cidades inteligentes que firmou com a prefeitura de São José dos Campos, além das inovações implementadas em transportes urbanos na cidade de Goiânia.

Fonte: Startupi

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.