Usando IA, 99 reduz em 80% os incidentes de segurança na plataforma

Por Felipe Demartini | 06 de Julho de 2018 às 12h30
TUDO SOBRE

99 

Um sistema de inteligência artificial desenvolvido pela 99 foi o responsável pela diminuição em 80% do número de incidentes entre motoristas e passageiros. Estamos falando de assaltos, roubos e outras situações potencialmente perigosas, que foram detectadas por meio da tecnologia de machine learning, que analisa as centenas de milhares de corridas realizadas pelo aplicativo de transporte diariamente.

Seria um trabalho hercúleo para qualquer equipe humana, mas que, para as máquinas, foi tarefa bem mais simples. As milhões de corridas realizadas pela 99 foram avaliadas em busca de padrões de comportamento que poderiam levar a incidentes. Parâmetros como a localização da chamada, método de pagamento escolhido e o histórico dos usuários foram levados em conta na criação de perfis potencialmente perigosos, com ações também sendo tomadas automaticamente pelos sistemas da empresa.

O foco, afirma a empresa, é a prevenção. Caso detecte a possibilidade de um incidente, a 99 é capaz de realizar o bloqueio da chamada, pedindo ao usuário que entregue informações adicionais para liberação. Como forma de prevenir problemas, dados como data de nascimento, CPF e número de cartão de crédito são solicitados — eles jamais seriam fornecidos por alguém interessado não em seguir de um ponto a outro na cidade, mas sim em praticar assaltos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Uma prática comum entre os criminosos, por exemplo, é a criação de contas com o único intuito de roubar os motoristas. Os perfis até podem trazer fotos e nomes, normalmente falsos, com primeira corrida solicitada sempre em dinheiro, uma prática comum que também ajuda na prevenção. “Pessoas mal intencionadas seguem determinados padrões de comportamento, que podem ser definidos, encontrados e combatidos”, conta Leonardo Soares, diretor de segurança da 99.

Padrões e inteligência artificial ajudam 99 a combater incidentes de segurança com motoristas e passageiross

De acordo com ele, a base do sistema é a identificação destes padrões, que são usados pela plataforma em tempo real, na busca por situações parecidas. Outras variáveis, por exemplo, são os horários ou regiões específicas em que determinados incidentes podem acontecer. Da mesma forma, um bom uso do aplicativo também conta como um indício de legitimidade no pedido das corridas, evitando verificações adicionais incômodas.

Além disso, a 99 conta com dados fornecidos pelas Secretarias de Segurança Pública das cidades em que atua, além de estatísticas internas oriundas do próprio dia-a-dia do aplicativo. Por questões estratégicas, a companhia não comenta sobre outros incidentes além de roubos e assaltos, mas afirma que estes casos não são os únicos na mira da inteligência artificial da plataforma. “Com isso, 99,9% das corridas, atualmente, são seguras”, afirma Soares.

Hoje, são 30 pessoas trabalhando no time de prevenção a incidentes da 99. A equipe tem pessoal com diferentes tipos de bagagem, incluindo, por exemplo, desde psicólogos e engenheiros de dados até ex-militares. Além disso, há um telefone exclusivo para que motoristas e usuários reportem incidentes durante as corridas, o 0800-888-8999, disponível 24 horas por dia.

Além de prestar atendimento, a plataforma dá outros tipos de assistências a motoristas e usuários afetados, como o envio de um carro em caso de roubo do veículo do colaborador, por exemplo, e apoio psicológico e emocional para vítimas. O diretor lembra, ainda, que todos os condutores e passageiros estão cobertos por um seguro contra acidentes pessoais no valor de R$ 100 mil, válido desde o aceite de uma corrida até a finalização dela.

Agindo do outro lado

Parcerias com prefeituras e órgãos federais também ajudam a intensificar combate a incidentes nas corridas da 99 (Imagem: Divulgação/99)

Não são apenas os motoristas que dirigem mais tranquilamente com a ajuda da inteligência artificial. A 99 também conta com sistema de prevenção de incidentes voltados aos passageiros, afirmando que a proteção de todos os envolvidos nas corridas realizadas diariamente pela plataforma é sua prioridade máxima.

Eventualmente, porém, vêm à tona casos de comportamento inadequado dos motoristas, o tipo de coisa que se torna ainda mais grave quando o assunto é o assédio. Esse tipo de incidente também está na mira da equipe de segurança com seu trabalho com a inteligência artificial, afirma Soares, com cada vez mais cenários e situações sendo levadas em conta pelo sistema automatizado.

“[A plataforma] realiza o cruzamento das informações passadas pelos passageiros sobre motoristas para desenvolver a programação do algoritmo”, explica. A ideia, aqui, é garantir combinações melhores e evitar problemas no contato entre usuários e colaboradores, de forma, novamente, a evitar incidentes.

Além disso, o diretor de segurança destaca uma parceria entre a 99 e o Governo Federal, que permite o acesso a informações sobre roubos de carros e também sinistros em veículos dos colaboradores. Assim, a companhia é capaz de verificar o histórico de cada condutor a partir dos documentos obrigatórios, como CNH, RG e licenciamento, de forma a realizar análises de perfil e garantir mais segurança para os passageiros.

De acordo com os dados da empresa, melhorias no sistema de inteligência artificial, aplicadas em abril, geraram uma redução de mais 40% no número de incidentes, além dos 80% que já haviam sido registrados desde que o sistema começou a ser desenvolvido, em agosto do ano passado. Com o refinamento dos dados, de acordo com Soares, a ideia é que os usuários fiquem cada vez mais tranquilos na utilização dos serviços da 99.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.