MediaTek quer incluir funções de IA em celulares de baixo custo

Por Redação | 05 de Julho de 2018 às 16h16
Depositphotos
Tudo sobre

MediaTek

A fabricante de chips MediaTek parece determinada em garantir que as vantagens da inteligência artificial cheguem a toda classe de usuários de smartphones. Em entrevista recente à rede de notícias IANS (Indo-Asian News Service), a fabricante reafirmou a missão de incluir funções de aprendizado de máquina mesmo em modelos de entrada – a começar pela India, país com ampla base de usuários de aparelhos de baixo custo.

“Nós queremos democratizar a IA [inteligência artificial]”, disse o diretor geral da fabricante, TL Lee, em entrevista à referida agência. “A ideia por trás da introdução de uma nova linha de chipsets com capacidades de IA é a de conferir maior poder a todos os usuários de celulares.”

Lee diz ainda que a Índia representa uma boa oportunidade por concentrar usuários bem distribuídos por aparelhos em todas as faixas de preços. Segundo dados divulgados pela IANS, o país possui aproximadamente 650 milhões de usuários de celulares; destes, apenas 300 milhões são smartphones.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

IA em hardware e código aberto

Um dos artifícios empregados pela MediaTek para baratear os custos relativos a processos de aprendizado de máquina é a inclusão de funcionalidades IA diretamente no hardware. Ao incluir funções de inteligência artificial diretamente em seus chips – como no recentemente anunciado Helio P22 –, a tecnologia possibilita certa independência do aparelho em relação a processamentos remotos, realizados em nuvem.

“Com o novo chipset Helio P22, nós esperamos promover ganhos maiores aos fabricantes de celulares e crescimento na base de usuários”, disse o executivo à IANS. Lee reforçou ainda que o processamento independente também resguarda a privacidade do usuário, já que não depende de estruturas externas. O P22 deve ser disponibilizado como insumo aos fabricantes em algum momento antes do final deste ano.

Helio P22: processamento IA diretamente no smartphone. (Imagem: divulgação/MediaTek)

Além disso, a MediaTek mantém atualmente um ecossistema dedicado ao desenvolvimento de soluções de IA. Trata-se da plataforma NeuroPilot, toda ela centrada no formato “Edge AI” (processamento de inteligência artificial realizado no próprio chip), e que recentemente passou a integrar o programa colaborativo de código aberto Open Neural Network Exchange (ONNX).

A MediaTek é responsável pela conectividade de mais de 1,5 bilhão de celulares produzidos anualmente. A companhia é uma das principais apostas para o fornecimento de conectividade 5G às próximas gerações de iPhones.

Fonte: IANS

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.