Hillary Clinton crê que os EUA não estão preparados para o impacto das IAs

Por Redação | 23 de Novembro de 2017 às 12h59
photo_camera Notícias ao Minuto

A ex-candidata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, diz que o país está completamente despreparado para os efeitos sociais e econômicos trazidos pela Inteligência Artificial. O depoimento foi dito em entrevista a uma rádio americana.

Segundo a democrata, o mundo está entrando em uma nova era da tecnologia que vai afetar a maneira em que vivemos, pensamos e nos relacionamos uns com os outros.

"Muitas pessoas realmente inteligentes, como Bill Gates, Elon Musk, Stephen Hawking, estão disparando um alarme que não estamos ouvindo. E esse alarme diz que a inteligência artificial não é nossa amiga", diz Clinton, que ainda citou duas áreas específicas para o impacto: a vigilância digital e a automação do trabalho.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"O que vamos fazer quando tivermos carros sem motorista? Quantas milhões de pessoas, motoristas de caminhão, entregadores, motoristas de táxis e Uber, não terão mais emprego? Estamos totalmente despreparados para isso", complementa.

De fato, Elon Musk e Stephen Hawking já comentaram anteriormente sobre os perigos da Inteligência Artificial mas, diferente de Hillary, a preocupação é com a ameaça de computadores superinteligentes e não com a automação.

Ao final da entevista, Clinton disse que não há algum detalhe específico a ser pontuado, mas que o governo precisa agir de forma rápida.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.