Inteligência artificial da Google sabe se você vai gostar ou não de uma imagem

Por Redação | 21 de Dezembro de 2017 às 08h12
TUDO SOBRE

Google

Um novo método desenvolvido pela Google conseguiu ensinar as inteligências artificiais da gigante a entenderem os motivos pelos quais algumas imagens são esteticamente mais agradáveis aos olhos humanos, enquanto outras não chamam a atenção ou são julgadas negativamente.

O que as IAs podiam fazer, até então, era descobrir se a imagem continha objetos específicos, animais, pessoas, etc. Agora, com o novo estudo, elas também avaliam o apelo visual da imagem independentemente de seu conteúdo. O processo foi chamado de "neural image assessment (NIMA)" ("avaliação da imagem neural", em tradução literal), usando deep learning para que o sistema faça essas previsões.

Segundo os desenvolvedores, essa abordagem "se diferencia das demais pois nossa rede pode ser usada não apenas para marcar imagens de forma confiável e com alta correlação com a percepção humana, mas também para auxiliar na adaptação e otimização de algoritmos de edição e aprimoramento de fotos".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O processo pode, por exemplo, ser aplicado para que fotógrafos e tratadores de imagens encontrem as melhores opções de um lote grande, ou, ainda, ajudar empresas na hora de escolher as melhores fotos para sua comunicação visual e publicitária. Isso pode poupar muito tempo de análise, além de garantir que um número maior de pessoas se atraia por essa divulgação.

Fonte: TheNextWeb

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.