Intel alavanca pesquisas em computação quântica com novo chip de 17-Qubit

Por Redação | 11 de Outubro de 2017 às 13h14

Com o objetivo acelerar as pesquisas na área da computação quântica, a Intel acaba de enviar o seu novo chip de computação quântica experimental, de 17 qubits, para suas parceiras holandesas.

Com o início dos testes, as parceiras TU Delft e Qutech realizarão experimentos envolvendo as capacidades individuais dos qubits, bem como as correções de erros de código de superfície e outros algoritmos.

Jim Clarke, diretor de hardware da Intel, explica que a escolha de 17 qubits se deve ao fato de que esta especificação é a mínima necessária para executar a correção de erros de códigos de superfície.

Chip quântico da Intel

Para Clarke, o ponto crucial para o sucesso na produção do semicondutor quântico está relacionado diretamente à forma como o chip será revestido, pois qubits são muito suscetíveis a interferências de radiofreqüência, além de operarem a temperaturas extremas de aproximadamente 20 millikelvin.

Embora a Intel tenha liderado a corrida no desenvolvimento de chips com capacidades quânticas, ela não é a única que está investindo em esforços nesta tecnologia.

No começo do ano, a Google testou semicondutores de 6 e 9 qubits, com o intuito de chegar ao número de 49 qubits até o final de 2017. A IBM também não ficou de fora, apresentando em maio o seu processador de 16 qubits.

Fonte: IEEE

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.