Elon Musk entrega bateria de lítio para fornecer energia a 30 mil casas

Por Redação | 23 de Novembro de 2017 às 16h15

Uma semana depois de lançar seu caminhão elétrico, Elon Musk volta a surpreender o mundo da tecnologia com novo feito. O CEO da Tesla e da SolarCity, sua empresa que desenvolve tecnologias de energia solar, anunciou que construiu a maior bateria de lítio do mundo na Austrália. Mais: ele entregou antes do tempo previsto.

O projeto nasceu depois que o Estado de South Australia começou a enfrentar problemas de fornecimento de energia. Em setembro, toda a região sofreu um blecaute.

Musk havia lançado um desafio: ou ele entregava a bateria em cem dias a partir da assinatura do contrato ou o equipamento ficaria de graça para o governo local. O acordo começou a valer no fim de setembro, o que significa que Musk entregou com quase 40 dias de antecedência. O equipamento deve começar a funcionar em 1º de dezembro.

Assista Agora: Descubra o jeito certo de criar verdadeiros times de alta-performance e ter a empresa inteira focada em uma única direção.

Energização

O governo local informa que o Tesla Powerpacks de 100 MW já está instalado e precisa ser energizado nos próximos dias, para depois entrar em uma fase de testes regulatórios.

Segundo a Tesla, o conjunto de baterias terá capacidade de fornecer energia para mais de 30 mil residências, aproximadamente o número de casas que sofreram com o blecaute. O custo da construção é estimado em US$ 50 milhões.

Fonte: Fast Company

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.