Samsung vai criar primeira rede Wi-Fi nacional dedicada à Internet das Coisas

Por Redação | 27 de Maio de 2016 às 06h43
photo_camera Samsung

A urbanização cada vez mais intensa obriga o planejamento do crescimento das cidades e soluções para o que vem com ele: aumento demográfico, tráfego e congestionamento, distribuição de recursos e poluição. Com a Internet das Coisas vem a possibilidade de usar os novos recursos a favor de uma melhor convivência urbana. A Samsung, em parceria com a SK Telecom, anunciou que vai construir, na Coreia do Sul, uma rede Wi-Fi de cobertura nacional dedicada à Internet das Coisas (IoT). A nova rede LoRaWAN será a primeira do mundo utilizada para fins comerciais e será lançada nos próximos meses.

A inovação vai começar pela cidade Daegu, a quarta maior do país, e também levará em conta a implementação de soluções de energia renovável, plataformas de computação em nuvem, Big Data de sistemas de saúde e a infraestrutura de veículos elétricos autônomos. Até o final do ano, as tecnologias serão levadas para todo a Coreia do Sul.

As redes LoRaWAN são sistemas que conectam aparelhos à distância utilizando baixo consumo de bateria. Ideais para cidades inteligentes, elas conectam um grande número de aparelhos eletrônicos em uma ampla área com custos mais baixos do que os da infraestrutura tradicional de telecomunicações, como as redes 3G e 4G. Dessa forma, sensores de clima, poluição, iluminação, semáforos, entre outros, ficam conectados a um custo consideravelmente mais baixo e com mais durabilidade devido ao baixo consumo de energia.

A Coreia do Sul se destaca como pioneira em inovação e implementação tecnológica e, mais uma vez, pega a dianteira no que diz respeito às telecomunicações. O plano de readequar um país inteiro para as novas tecnologias deixa bem clara a visão para o futuro dos coreanos. Resta saber, entretanto, se outros países seguirão o exemplo.

Via Business Insider, The Verge e Samsung

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.