Amazon continua na liderança do mercado IaaS

Por Nathan Vieira | 06 de Agosto de 2019 às 22h30
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

Em 2018, a Amazon ocupou o primeiro lugar entre os fornecedores do mercado de infraestrutura como serviço (IaaS), segundo dados divulgados pela Gartner, deixando para trás grandes empresas como a Microsoft, a Alibaba, a Google e a IBM. Em 2019, a empresa continua exercendo o cargo de líder desse mercado, cuja consolidação continua à medida que os principais fornecedores continuam a crescer.

O mercado de infraestrutura como serviço

No entanto, a não ser que você seja previamente familiarizado com o tema, a primeira questão que vem à cabeça é: o que é esse tal de mercado de infraestrutura como serviço? Sem pânico, pois o Canaltech te explica. Trata-se de um dos quatro tipos de serviço de nuvem (os outros são software como serviço (SaaS), plataforma como serviço (PaaS) e sem servidor).

Sendo assim, é uma infraestrutura computação instantânea, provisionada e gerenciada pela Internet. Seu crescimento e sua queda acontecem diretamente por causa da demanda. Isso significa que o usuário paga apenas aquilo que utiliza. A principal vantagem do mercado de infraestrutura como serviço é ajudar a evitar as despesas e a complexidade de comprar e gerenciar seus próprios servidores físicos e outras infraestruturas de datacenter.

No ano passado, o mercado de IaaS cresceu 31,3%, atingindo US $ 32,4 bilhões (o equivalente a R$ 122,6 bilhões), com a Amazon assumindo a liderança.

Amazon domina o mercado IaaS

Com o posicionamento impressionante da Amazon em mente, o vice-presidente de pesquisa da Gartner, Sid Nag, trouxe à tona a razão pela qual as maiores empresas de tecnologia seguem na dominação do mercado de IaaS.

"Apesar do forte crescimento geral, a consolidação do mercado de nuvem favorece os provedores grandes e dominantes, com fornecedores menores e de nicho perdendo participação. Isso é uma indicação de que a escalabilidade é importante quando se trata dos negócios IaaS de nuvem pública", afirmou Nag.

O vice-presidente de pesquisa ainda completou: "Apenas aqueles que investem capital os gastos em construir datacenters em grande escala em várias regiões serão bem-sucedidos e continuarão a conquistar participação de mercado. O oferecimento de funcionalidades avançadas de recursos em toda a pilha de tecnologia em nuvem também será o ingresso para o sucesso”.

Vale ressaltar que os cinco principais provedores de IaaS responderam por quase 77% do mercado global de IaaS em 2018, o que superou dos 73% em 2017. A Gartner espera que a consolidação do mercado continue até 2019, como resultado da alta taxa de crescimento dos principais provedores, que experimentaram um crescimento agregado de 39% de 2017 a 2018, comparado com um crescimento mais modesto de 11% para todos os outros provedores durante o mesmo período.

A Amazon continuou na dominação do mercado global de IaaS com uma receita estimada em US$ 15,5 bilhões (R$ 58,6 bilhões) durante o ano de 2018. A empresa não só é a maior fornecedora do mercado IaaS, como também responde por quase metade do mercado total de IaaS.

Por sua vez, a Microsoft conseguiu garantir a segunda posição no mercado de IaaS, com receita superior a US$ 5 bilhões (R$ 18,9 bilhões) em 2018, superando os US$ 3,1 bilhões (R$ 11,7 bilhões) de 2017. A Alibaba Cloud foi a principal fornecedora de IaaS na China, e a empresa cresceu 92,6% em 2018. Já a Google acabou ficando na quarta posição, com crescimento de receita de 60,2% em relação a 2017.

Fonte: Tech Radar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.