Alphabet poderá usar seu balão para fornecer internet no Quênia

Por Felipe Ribeiro | 03 de Julho de 2019 às 15h59
Alphabet
Tudo sobre

Alphabet

Saiba tudo sobre Alphabet

Ver mais

O balão de internet da Alphabet, o Loon, deve começar a operar o serviço comercial de conexão no Quênia ainda este ano. A empresa acaba de receber a aprovação das autoridades quenianas para começar a voar fazer os testes necessários no país africano.

Os balões estão a caminho e devem chegar ao Quênia em questão de semanas. A empresa ainda tem que realizar testes de integração de rede e finalizar a parte burocrática. Quando tudo estiver pronto e o Loon estiver funcionando, ele permitirá que os moradores das montanhas comprem o serviço 4G da Telkom Kenya, a terceira maior operadora do país, para se conectarem à rede mundial de computadores. O diretor-geral de Aviação Civil do Quênia, capitão Kibe, disse que está trabalhando na aprovação há alguns anos e está animado em ver os testes acontecendo, neste que seria o primeiro país da África a fazer parceria com os serviços do Loon.

Mas, de acordo com a Reuters, autoridades e operadoras de telefonia móvel em outros países estão céticos quanto à eficiência deste projeto. Muitos querem provas de que o Loon possa, de fato, fornecer um serviço confiável, seguro e lucrativo antes de assinar. Há, também, preocupações sobre a durabilidade dos balões que serão utilizados, principalmente se for levado em conta o clima local, que é bem agressivo.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Imagem: Alphabet

Os balões movidos a energia solar dependem do sol, mas devido à alta exposição, as cascas de plástico se degradam e devem ser substituídas em questão de meses. Os usuários também podem perder conexões quando houver ventos fortes, também muito comuns por ali.

Outros países já o utilizam

Em Porto Rico, a Alphabet ajudou a distribuir internet para 100 mil pessoas após a chegada do furacão Maria Já no Peru, os balões foram recentemente implantados para fornecer internet de emergência após um terremoto. Evidente que os testes que serão realizados no Quênia não terão esse grau de exigência, mas serão preponderantes para garantir que o serviço funcione corretamente.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.