Projeto quer substituir fios de rede comuns por cabos de fibra óptica

Por Redação | 04 de Dezembro de 2014 às 16h50

Uma possível mudança na estrutura geral dos cabos que usamos hoje para conectar os computadores em rede pode estar surgindo graças a uma pesquisa científica que está sendo realizada na Universidade de Stanford, nos EUA. Um grupo de cientistas liderados pela engenheira Jelena Vuckovic diz ter obtido sucesso no uso de cabos de fibra óptica na conexão entre máquinas.

Quem já viu um fio desse tipo sabe que, apesar de bem mais eficazes na transmissão de dados – a luz é um meio muito melhor para fazer esse trabalho e gasta menos energia –, eles também são extremamente frágeis. É justamente essa característica, juntamente com o preço elevado de produção, que impede sua utilização em larga escala. Mas, agora, pelo menos o primeiro ponto parece ter sido solucionado pelos pesquisadores.

Ao criar vincos verticais de proporção microscópica, os estudiosos foram capazes de fazer com que o silício do cabo funcionasse como um prisma, redirecionando a luz em ângulos de 90 graus em forma de T. O resultado disso tudo são cabos e divisores fáceis de serem produzidos e com eficiência na separação e distribuição dos dados, já que apenas os cortes e a ação do ar entre os espaços são necessários para funcionamento.

É por meio deles, também, que servidores e softwares seriam capazes de fazer a manipulação das informações. Bastaria configurar a forma com a qual esses elementos agem em conjunto a partir de um algoritmo que também está sendo desenvolvido pela equipe para que tudo funcione.

Por enquanto, claro, os testes ocorrem apenas em ambiente de laboratório, mas, como cita o Scientific Reports, a expectativa dos envolvidos é boa e em breve os pesquisadores pretendem começar a trabalhar também em maneiras de otimizar ainda mais a transmissão de dados, além de tornar os fios mais resistentes e fáceis de serem produzidos.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.