Internet das Coisas vai aumentar volume de dados processados em data centers

Por Redação | 18 de Março de 2014 às 14h33

A Internet das Coisas ainda está dando seus passos iniciais, mas a expectativa é que, no futuro próximo, ela seja parte integrante da vida das pessoas. De acordo com estudo realizado pelo Gartner, 26 bilhões de unidades do tipo estarão instaladas em todo o mundo até 2020, um volume que gerará um fluxo enorme de dados e constituirá novos desafios para quem trabalha com Big Data.

Para o bem ou para o mal, os data centers serão os principais afetados. A expectativa é que esse segmento de mercado gere US$ 300 bilhões em faturamento daqui a seis anos, na mesma medida em que o volume gigantesco de informações adicionará novas variáveis e dificultará a análise de dados. É aí que entra uma necessidade ainda mais urgente de atualização e criação de ferramentas tecnológicas para lidar com tudo isso.

O principal gargalo, de acordo com o analista Joe Skorupa, é a banda necessária para que tudo isso possa trafegar. Segundo ele, em entrevista ao site CIO, a infraestrutura atual está preparada para lidar com o volume de informações gerado pela interação entre os usuários, mas com a chegada da Internet das Coisas, equipamentos também passarão a conversar entre si, ampliando significativamente esse total.

Outro desafio é a segurança dessas informações e a garantia de privacidade. A miríade de aparelhos e funções diferentes tornará a proteção digital muito mais complexa e exigirá que as empresas que gerenciam data centers tenham pessoal qualificado e muita disposição para implementar novas tecnologias, de forma a garantir que tudo funcione sem que terceiros observem o que está acontecendo.

Para Skorupa, a tendência é que essas dinâmicas de mercado levem cada vez mais as empresas para o mundo da virtualização e do cloud computing. Assim, as informações estariam permanentemente disponíveis para os usuários e companhias envolvidas com o mundo do Big Data.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.