Intel anuncia cabos que poderão transmitir dados a até 1,6 Tbit/s

Por Redação | 12 de Março de 2014 às 12h18

A Intel anunciou para o segundo semestre de 2014 o lançamento de sua nova tecnologia de cabeamento, que permitirá a transmissão de até 1,6 Tbit/s. A novidade é voltada para uso em data centers ou sistemas com supercomputadores e traz 64 fibras em seu interior, cada uma com capacidade de transmissão de100 Gbit/s.

A forma como cada desses elementos funcionará fica a critério do utilizador. A fabricante explica que é possível, por exemplo, criar fluxos iguais para entrada e saída de dados, com 800 Gbit/s em cada direção. Ou, então, aproveitar todo o potencial da infraestrutura e transmitir 1,6 Tbit/s em um fluxo único para atender as necessidades de sistemas que exigem grande alimentação de dados.

A novidade não se limita à transmissão em si e também está presente no conector. Chamado de MXC, ele possui menos peças e promete gerar custos menores com manutenção, além de terem proteção especial contra danos físicos. Em um primeiro momento, a tecnologia será usada na comunicação entre switches e racks de servidores, mas no futuro a Intel pretende utilizar os cabos para conectar máquinas e GPUs em busca de armazenamento ou poder de processamento extras.

Como explica a reportagem do Ars Technica, o MXC é um grande avanço em relação aos cabos de cobre utilizados atualmente, capazes de transmitir no máximo 10 Gbit/s com velocidade variável, devido às características do próprio material. O MXC não conta com esse tipo de problema e é capaz de manter seu funcionamento mesmo quando cabos de grande comprimento são utilizados.

Para baratear os custos para as empresas e acelerar a adoção da nova tecnologia, a Intel não venderá apenas a versão com 64 fibras. A ideia é disponibilizar fios com 8, 16 ou 32 cabos que sejam mais baratos e voltados para sistemas menores e com menos recursos, mas que ainda assim precisam de uma alta velocidade na transmissão dos dados. O preço não foi revelado, mas a fabricante prometeu aplicar valores competitivos para que uma mudança completa de tecnologia valha a pena.

Com o MXC, a Intel mira principalmente as empresas que trabalham com cloud computing, que trabalham com altas taxas de transmissão de dados e grandes infraestruturas conectadas para entregar o melhor resultado aos clientes. A empresa acredita que essas serão as primeiras a adotar a nova tecnologia.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.