Infraestrutura convergente: quais são as características indispensáveis?

Por Redação | 30 de Julho de 2013 às 16h13

Para obter o melhor desempenho possível, as empresas têm optado por adquirir os maiores servidores e equipamento de armazenamento que o dinheiro pode comprar. Mas com a virtualização se tornando um processo cada vez mais presente entre as organizações, essas soluções tradicionais podem não ser mais suficientes.

Sistemas virtuais são mais complexos e interdependentes, e os departamentos de TI precisam de habilidades especializadas para manter tudo funcionando de maneira eficaz. A chamada "infraestrutura convergente" é o modelo de TI que promete melhorar a agilidade, eficiência e qualidade do serviço de tecnologia da informação.

Cada vez mais os ambientes inflexíveis oferecidos por diversos fornecedores perdem mercado para as soluções convergentes de infraestrutura, que empacotam vários componentes de TI em uma estrutura única, otimizada para centralizar o gerenciamento de infraestrutura, aumentar a automação e simplificar a orquestração do sistema.

Richard Reiffer, vice-presidente de serviços na nuvem da Zenith Infotech e CEO da Global Cloud Consulting, dá algumas dicas essenciais que devem ser levadas em conta na hora de escolher uma solução de infraestrutura convergente.

1. Padronização

A padronização facilita a implantação mais rápida e fácil em larga escala. É um bloco de construção para serviços na nuvem e de hospedagem. Usar um único fornecedor também é uma boa opção para ter uma única fonte de apoio técnico, por exemplo.

2. Automação

O sistema deve automatizar muitas tarefas, tais como a implantação de aplicativos e recursos. O usuário deve apenas clicar em alguns botões e deixar o sistema fazer o restante do trabalho, garantindo que as máquinas virtuais sejam atribuídas corretamente.

3. Monitoramento e administração unificados

O sistema de infraestrutura convergente deve centralizar a infra de servidores, armazenamento, segurança e redes para alcançar o máximo benefício. A administração de TI é uma palavra-chave nesse tipo de sistema.

4. Integração

Uma das principais barreiras para a infraestrutura convergente é a perda financeira resultante do equipamento utilizado atualmente. O ideal é procurar um sistema que permite o uso dos dispositivos que sua empresa já possui (como servidores para o processamento, por exemplo). Dessa forma, é possível migrar gradualmente sem grandes perdas.

5. Solução completa

Agilidade e simplicidade são os principais objetivos de qualquer infraestrutura de TI. Procure uma solução out-of-the-box que possa ser implantada rapidamente. Uma vez que a solução está implantada, sua empresa pode providenciar os recursos para seus clientes e fazer o negócio girar com a nova infraestrutura.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.