Estudo: 85% das PMEs enfrentam problemas com backup e recuperação de dados

Por Redação | 13 de Agosto de 2013 às 08h00

Produzido pela Veeam Software, especialista em soluções de proteção de dados em ambientes virtualizados, o primeiro Relatório de Proteção de Dados em Virtualização para Pequenas e Médias Empresas mostra que 85% das PMEs enfrentam problemas com backup e recuperação de dados. Além disso, 83% têm problemas com a falta de recursos e 80% com a complexidade dos processos. As informações são da Meta Análise.

O levantamento consultou 500 PMEs nos Estados Unidos e Europa para entender o impacto da virtualização e as estratégias de backup e recuperação de dados das empresas. O estudo concluiu que a maioria das companhias enfrenta dificuldades com o custo, complexidade e falta de capacidade para a proteção de dados em um ambiente virtual.

Este cenário indica que apenas 15% das PMEs não têm problemas com o backup de arquivos e recuperação de dados. Entre os principais desafios listados pelas empresas consultadas pelo levantamento estão os altos custos com gestão, licenciamentos caros e backups que exigem grande volume de armazenamento. O tempo dos procedimentos e as ferramentas difíceis de operar e configurar também estão entre os problemas apontados pelas pequenas e médias empresas.

Assista Agora: Nunca mais contrate funcionários para sua empresa! Comece o ano em uma realidade completamente diferente!

"Cada vez mais, as PMEs estão sendo submetidas aos mesmos desafios de TI e pressões comerciais das grandes empresas", afirmou Ratmir Timashev, presidente e CEO da Veeam Software. "Como tal, qualquer interrupção na infraestrutura de TI pode ter consequências graves. Por isso é tão preocupante que a grande maioria das pequenas e médias empresas enfrente os desafios de custos, complexidade e com capacidade de backup e recuperação. Se considerarmos também que uma em cada seis recuperações simplesmente não funcionam, fica claro que a questão da proteção de dados é uma bomba-relógio nas PMEs".

A pesquisa também comprovou que o tempo de inatividade, em caso de falhas na infraestrutura de TI, é capaz de custar US$ 150 mil (R$ 341 mil) ou mais por hora para as PMEs, o que indica que as falhas podem chegar a custar US$ 600 mil (R$ 1,3 milhão) para essas empresas com base no tempo gasto na recuperação de dados.

Ainda de acordo com os resultados do levantamento, 63% das PMEs acreditam que as ferramentas de backup e recuperação de dados se tornam menos eficientes ao passo que o número de dados para serem armazenados e servidores na companhia aumentam. E 55% das empresas afirmaram que têm planos para mudar suas ferramentas de backup para servidores virtualizados até no próximo ano.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.