75% dos brasileiros mudariam de TV por assinatura se fosse fácil, mostra estudo

Por Redação | 27.06.2016 às 19:31
photo_camera Estadão

De acordo com um estudo realizado pela CVA Solutions, os serviços online estão ganhando espaço frente à TV por assinatura. O relatório mostra que 32,8% dos brasileiros entrevistados assistem filmes pela Netflix (via internet). Boa parte dessa migração acontece por causa da insatisfação dos consumidores de TV a cabo. Cerca de 75,9% dos entrevistados afirmaram que mudariam de marca se o processo fosse mais simples, especialmente em busca de menores custos.

O estudo ainda revela que 11,5% dos 4.502 entrevistados afirmaram que já cancelaram a assinatura por usar apenas Netflix e TV aberta. Já 4,8% dizem que nos próximos seis meses pretendem cancelar sua TV por assinatura e continuar apenas utilizando o streaming. Os serviços de TV por assinatura citados pelos entrevistados foram Claro TV, GVT, CTBC-Algar, NET, Oi, Sky e Vivo TV. A média de gasto mensal com este tipo de serviço ficou em R$ 139,00, contra R$ 140,00 em 2015.

Em recomendação líquida, o estudo aponta que a Sky tem um índice de 24,2%, seguida pela GVT, pela Algar, e pela NET. Dos 75,9% de consumidores que afirmaram que mudariam de marca se fosse descomplicado, a GVT seria beneficiada com um aumento de 3,8% pontos percentuais em seu market share. Já em custo-benefício percebido pelos clientes (valor percebido), a Sky permanece na frente com um índice de 1,04, seguida pela GVT e Claro TV.

A Sky é a operadora que detém a maior Força da Marca (a atração menos rejeição perante clientes e não clientes) em TV por assinatura, com 29,9%. A segunda colocação fica com a NET, seguida pela GVT.

Via Convergência Digital