Xiaomi deve começar a produzir seus próprios chips de celular

Por Redação | 25 de Abril de 2016 às 21h56

A chinesa Xiaomi hoje em dia já é sinônimo de smartphones baratos e com bom desempenho, certo? Bem, na verdade, ela é muito mais do que isso. Embora a Xiaomi trabalhe com diversos produtos, a empresa acaba mantendo seu portfólio disponível apenas na China. Agora, parece que a gigante asiática quer expandir seu alcance.

De acordo com informações publicadas no jornal The Korean Herald, a Xiaomi irá começar em breve a produzir seus próprios processadores para os seus smartphones. A companhia ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas rumores indicam que os primeiros processadores da gigante chinesa serão revelados em um evento no próximo mês.

Supostamente sob o nome de "Rifle", o chip terá tecnologia ARM, como a maioria dos chips atuais no mercado.

A jogada é interessante para a companhia: ficando a cargo de seus próprios chips, o custo de produção dos celulares deve cair ao mesmo tempo que a empresa terá mais controle sobre o hardware utilizado nos aparelhos. Por outro lado, o novo Xiaomi Mi Max deve ser lançado no dia 10 de maio. A pergunta que fica é: será que o novato já virá de fábrica com processador Xiaomi?

Via Ubergizmo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.