Vazam as especificações do Snapdragon 820, novo processador da Qualcomm

Por Redação | 05 de Agosto de 2015 às 15h21
Tudo sobre

Qualcomm

Jiutang, um analista chinês, divulgou as especificações do novo Snapdragon 820, antes do anúncio oficial da Qualcomm que está marcado para acontecer na próxima terça-feira, dia 11. Por meio de sua conta no Weibo, o analista revelou que o modelo conhecido como MSM8996 deverá apresentar o melhor desempenho de processamento de um chipset da Qualcomm.

A empresa utilizou as fábricas da Samsung para produzir o Snapdragon 820 a 14nm, assim como o Exynos 7420 da companhia coreana. Desse modo, o novo chipset já se diferencia de seu antecessor, o Snapdragon 810, que foi o primeiro grande lançamento da Qualcomm a ser produzido em litografia de 20nm.

Snapdragon 820

No entanto, o Snapdragon 820 não irá acompanhar o avanço na quantidade de núcleos de processamento. Enquanto as concorrentes Samsung e MediaTek, por exemplo, estão trabalhando em processadores octa-core e deca-core, o novo chipset da Qualcomm retornará ao quad-core, com dois processadores dual-core conectados entre si. A estratégia por trás dessa preferência, aliada à nova arquitetura Kyro desenvolvida pela empresa, visa melhorar a economia de energia em até 35%, comparada ao Snapdragon 810, que possui oito núcleos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Snapdragon 820

A GPU Adreno 530 foi escolhida para ser a responsável pelo gerenciamento gráfico, oferecendo 30% mais autonomia e 40% mais desempenho comparada ao Snapdragon 810. O novo processador virá com memória RAM LPDDR4 com velocidade de 1.866 MHz e suporte a câmeras de até 28 megapixels com duplo processamento de imagens, bem como vídeos 4K a 60 fps. O Snapdragon 820 contará também com um coprocessador de baixo consumo para trabalhar com tarefas mais simples

De acordo com Jiutang, o novo Snapdragon 820 poderá ser liberado pela Qualcomm até o final de 2015. Desse modo, as fabricantes poderão lançar no início do próximo ano seus primeiros dispositivos equipados com o novo chipset da companhia norte-americana.

Fonte: Weibo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.