Siga o @canaltech no instagram

Sony quer aprimorar reconhecimento facial com lasers de profundidade 3D

Por Natalie Rosa | 04 de Janeiro de 2019 às 09h22
Reprodução
Tudo sobre

Sony

Saiba tudo sobre Sony

Ver mais

A Sony, empresa líder global em sensores de imagens, tanto para smartphones quanto para câmeras profissinais, agora está com o objetivo de se tornar a grande fornecedora da próxima geração de chips de processamento visual com um conjunto de novos sensores 3D. A tecnologia também pode aprimorar os sistemas de reconhecimento facial existentes na atualidade.

Em entrevista à Bloomberg, Satoshi Yoshihara, chefe da divisão de sensores da Sony, revelou que a companhia planeja aumentar a produção de chips para câmeras 3D frontais e traseiras até o primeiro semestre deste ano, como uma resposta à demanda de diversas fabricantes de smartphones.

A tecnologia de reconhecimento facial, que chegou inicialmente com o Face ID do iPhone X, funciona projetando uma grade de pontos invisíveis para a identificação da face do usuário. Já o sensor 3D da Sony emite pulsos em laser, criando um mapa de profundidade do ambiente enquanto mede quanto tempo um pulso leva para ir e voltar até o rosto da pessoa. O sensor é capaz de funcionar, segundo Yoshihara, em uma distância de até cinco metros.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Sony ainda não informou, no entanto, sobre quais serão as possíveis parcerias para a utilização da tecnologia, mesmo que a empresa já forneça sensores de imagem para a Apple.

Fonte: The Verge, Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.