Samsung pode fabricar próxima geração de processadores da Qualcomm

Por Redação | 21 de Abril de 2015 às 12h57

De acordo com reportes, a Qualcomm, criadora do processador Snapdragon para dispositivos móveis, pode contratar a Samsung para a fabricação da sua próxima geração de chips, o Snapdragon 820.

Tradicionalmente, quem fabrica os Snapdragons é a taiwanesa TSMC, também responsável pela produção dos processadores da série 8 presentes nos produtos Apple deste ano. Já a Samsung sempre esteve por trás da produção dos processadores para a Apple, tendo sido trocada pela TSMC no ano passado.

Mas tudo indica que os ventos estão a favor da Samsung agora, pois a coreana deve produzir a série 9 para a Apple, que estará presente nos novos iPhones deste ano, além dos processadores da Qualcomm.

A escolha pela Samsung se dá, principalmente, ao domínio na técnica de fabricação utilizando o processo de 14 nanômetros, que ocupa menos espaço e oferece uma maior eficiência energética. A TSMC e outras fábricas de processadores ainda podem ser contratadas para manter a demanda, mas a maior parte virá da Samsung.

Esse ano não está sendo muito bom para a Qualcomm, já que a Samsung decidiu utilizar seu próprio processador Exynos 7 nos novos topos de linha Galaxy S6 e Galaxy S6 edge.

Mesmo com o Snapdragon 810 estando presente em grande parte dos smartphones topo de linha deste ano, como o HTC One M9, Sony Xperia Z4, Lg G Flex 2 e provavelmente o LG G4, a perda da linha S da Samsung teve um impacto significativo na Qualcomm e a empresa teve que cortar suas projeções financeiras para 2015.

Com este contrato a empresa americana espera ganhar de novo o coração da Samsung e colocar o Snapdragon de volta na linha S do próximo ano.

O Snapdragon 820 estará presente nos principais smartphones topo de linha do ano que vem e contará com núcleos de 64 bits e processador gráfico desenhados pela própria Qualcomm, além um modem LTE embutido.

Via Re/Code

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.