Samsung deve começar a produzir chipsets de 7 nanômetros em 2018

Por Redação | 24.01.2017 às 08:28

A Samsung está planejando começar a produção de chipsets sob litografia de 7 nanômetros no início de 2018, de acordo com um novo relatório divulgado na imprensa da Coreia do Sul.

A empresa deve usar um equipamento capaz de emitir raios de ultravioleta extrema (EUV) no processo de fabricação do novo processador, o que pode ajudar a garantir a competitividade do chip em termos de desempenho e consumo de energia.

"Esperamos que a tecnologia de 7nm seja desafiadora para todos os padrões de escala", disse Heo Kuk, diretor da divisão de sistemas LSI da Samsung Electronics. O executivo disse ainda que a empresa sul-coreana vai "liderar a tecnologia mais avançada com a mesma competitividade de 14nm e 10nm".

Além de apostar na produção de chips de 7 nanômetros, a Samsung também anunciou que está trabalhando para estabilizar ainda mais o seu processo de fabricação de chipsets sob litografia de 14 nanômetros para continuar liderando o segmento.

A chegada dos chips de 7 nm empolgam a indústria, uma vez que, basicamente, quanto menor a litografia, mais rápido é o processador. Isso porque as empresas podem usar mais transistores para alcançar frequências de operação maiores e diminuir o consumo de energia.

Via Sam Mobile