Saiba mais sobre o Broadwell, quinta geração de processadores Intel Core

Por Pedro Cipoli | 20 de Março de 2014 às 16h00

A estratégia "Tic-Tac" da Intel é bastante conhecida. Nela, a empresa diminui a litografia de seus processadores em uma geração e melhora a arquitetura na seguinte. Enquanto a geração Ivy Bridge foi o "Tic", primeira a trazer transistores de 22 nanômetros, a geração Haswell foi o "Tac", melhorando o desempenho do clock, introduzindo um gerenciamento de energia mais sofisticado e gráficos mais poderosos. Agora temos novamente o "Tic" com o Broadwell, a quinta geração da família Core e o primeiro modelo a trazer uma arquitetura de 14 nanômetros.

Com transistores menores, a Intel irá dedicar uma boa parte do processador aos gráficos integrados, o que pode ser um grande avanço em relação ao Iris Pro que equipa os modelos high-end de notebooks. Outra novidade é que, pela primeira vez, as CPUs voltadas para desktop terão a versão mais avançada dos gráficos integrados, algo que a geração Haswell não fazia.

Broadwell

Como se percebe, a Intel está focando em gráficos integrados, um ponto onde ela ainda deixa a desejar em relação às APUs da AMD, que possuem gráficos bem mais avançados. Mesmo que os gráficos sejam 100% melhores, gamers hardcore ainda terão que recorrer a gráficos discretos para rodar os jogos no máximo. Apesar disso, espera-se que haja uma mudança no mercado: para games casuais, vídeos em alta definição e até tarefas que exijam um 3D mais intenso rodarão bem nos gráficos integrados tanto da Intel quanto da AMD, o que significa que placas de vídeo dedicadas mais básicas estão cada vez mais deixando de fazer sentido.

Outro ponto é que o Broadwell trará suporte nativo às memórias DDR4 nos modelos high-end, algo já esperado, já que elas já estarão disponíveis para o consumidor final provavelmente em 2015, embora ainda existam algumas incertezas sobre sua chegada no mercado. Modelos mais básicos e alguns intermediários com um bom custo-benefício ainda trarão chips DDR3, DDR3L ou LPDDR3, dependendo do segmento. Ao escolher modelos mais avançados, o usuário terá que ir atrás de uma placa-mãe compatível com as novas memórias e novo soquete.

Memórias

Ao mudar para 14 nanômetros, os benefícios de economia de energia e maior desempenho são praticamente imediatos. Segundo o ComputerWorld, ele trará desempenho 30% superior consumindo 30% menos energia - números impressionantes, mas que só poderemos comprovar quando ele chegar ao mercado e pudermos testá-lo. É comum que fabricantes superestimem os benefícios de uma nova geração para atiçar o interesse do público, tanto em processadores como em GPUs.

Assim como o Haswell-E, modelo voltado para entusiastas, também teremos o Broadwell-E, que trará oito núcleos e 16 threads. Segundo Nathan Brookwood, consultor da Insight 64, ele será voltado para usuários que pagam um valor alto por um nível de performance topo de linha, ou seja, se os modelos Extremes atuais são vendidos dentro da faixa dos US$ 1000, pode-se esperar um preço ainda maior. Quem é entusiasta de overclock ou precisa de cada megahertz de processamento já está acostumado a pagar esses preços.

E quando o Broadwell chegará ao mercado? Provavelmente veremos os primeiros modelos ainda este ano, especialmente após a Computex 2014, feira voltada exatamente para esse segmento. A Intel demonstrou o Broadwell no ano passado, mas, devido à nova técnica de fabricação de 14 nm, problemas de produção atrasaram o cronograma oficial.

Quando eles finalmente chegarem ao mercado, em especial os modelos que funcionarem com memórias DDR4, o usuário pode ter certeza de uma coisa: os produtos, tanto desktops como notebooks, serão bem caros. Os preços da Intel são altos nos primeiros meses para justificar o investimento, já que ela possui fábricas próprias, e a memória DDR4 também é uma tecnologia nova. Apesar disso, ambos trazem um gap de desempenho considerável em relação aos seus antecessores e, ao que tudo indica, vale a pena o investimento.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.