Raspberry Pi ganha suporte oficial a touchscreens com novo update do Linux

Por Rafael Rodrigues da Silva | 04 de Janeiro de 2019 às 11h22

Depois de muitos pedidos da comunidade, a Raspberry Pi finalmente ganhará oficialmente suporte a telas sensíveis ao toque. A tela de de 7 polegadas e resolução de 800 x 480 já existe há anos para o aparelho, mas até então a versão do Linux nativa para a placa não dava suporte à tela, exigindo que outros sistemas fossem utilizados para que tudo funcionasse.

Apesar de a Raspberry Pi já oferecer suporte para touchscreens em dispositivos externos, a tela própria do aparelho ainda não era suportada pelo sistema operacional nativo por ela ser conectada pela porta DSI, enquanto as telas externas se conectam na entrada HDMI. Com a atualização, a partir de agora será possível criar um tablet ou uma tela inteligente utilizando a pequena placa.

Além do suporte à tela sensível ao toque, a nova versão 45.21 do Kernel para a Raspberry Pi também adiciona o Energy Aware Scheduling, que proporciona uma maior vida útil à bateria do dispositivo, melhorias para o driver da GPU (adicionando suporte ao FreeSync e ao Adaptative-Sync, que permite gerar uma variação nos framerates de jogos), a Adaptative Backlight Management (que aumenta a economia de energia e permite uma melhor qualidade de imagem e leitura em condições de pouca luz) e suporte ao ROCm GPU dos processadores gráficos Polaris e Vega 12.

O Linux 4.21 da Raspberry Pi também inclui uma fonte de 16x32 para telas HiDPI, o que deve permitir que usuários utilizando laptops com telas 3K ou 4K leiam as mensagens do console durante o boot do aparelho. Assim como as outras atualizações, o Linux 4.21 para a Raspberry Pi é totalmente gratuito.

Fonte: TechRepublic

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.