Raspberry Pi 4 não aceita qualquer cabo USB-C devido a falha de design

Por Felipe Ribeiro | 10 de Julho de 2019 às 13h15

A Raspberry Pi 4, anunciada há duas semanas, tem apresentado problemas relacionados a compatibilidade com cabos e fontes USB-C. Segundo os usuários, o miniPC adotou um padrão de entrada que simplesmente não aceita qualquer tipo de cabo.

As entradas USB-C convencionais possuem dois pinos "CC", que, por sua vez, devem ter seus próprios resistores de 5.1K ohm. Mas, no caso da Raspberry Pi 4, foi criado seu próprio projeto de circuito que permite que eles compartilhem um único resistor. Resultado: o design não é compatível com alguns dos carregadores USB-C existentes.

Se o seu carregador USB-C funcionar com a Pi 4, certamente ele não será o que os usuários chamam de "e-marked". Os cabos USB-C marcados com E são os mais completos e possuem todos os recursos, como chips que negociam gerenciamento de energia, modos de acessórios, taxas de dados e outras especificações de comunicação. Como a porta USB-C da Raspberry Pi 4 foi feita incorretamente, esses cabos inteligentes detectarão a placa como um acessório de adaptador de áudio e se recusarão a carregá-los. Normalmente, os cabos e-marked são mais caros e vêm em itens maiores e mais potentes, como notebooks USB-C.

Imagem: ARS Technica

Depois que muitos relatos começaram a aparecer na internet, o cofundador da Raspberry Pi Foundation, Eben Upton, finalmente confessou ao pessoal do TechRepublic que "um carregador inteligente com um cabo marcado irá identificar o Raspberry Pi 4 incorretamente como um acessório adaptador de áudio e se recusará a fornecer energia". "Espero que isso seja corrigido em uma atualização futura, mas, por enquanto, os usuários precisarão aplicar uma das soluções sugeridas", concluiu. As "soluções sugeridas" são os cabos não marcados, como o carregador oficial do Pi 4.

O Raspberry Pi 4 apresenta uma CPU mais rápida, que parte da versão quad-core Cortex-A72, e versões com até 4GB de RAM, sendo capaz de suportar até duas telas 4K a 60fps.

 

Fonte: ARS Technica

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.