Qualcomm vai demitir até 10% dos seus funcionários

Por Redação | 21.07.2015 às 14:00

A Qualcomm tem enfrentando alguns momentos difíceis ultimamente, e parece que quem vai pagar o pato são os colaboradores da empresa. Informações divulgadas em alguns veículos apontam que a companhia está planejando demitir cerca de 10% da sua força de trabalho — o que representa milhares de funcionários.

Os rumores também dão conta de que a Qualcomm vai realizar uma revisão integral das suas operações e vai dividir-se em duas empresas distintas: uma focada em produção de chips e outra no licenciamento de patentes. Curiosamente, esse último segmento pode valer mais – um valor estimado de US$ 87 bilhões, perante US$ 74 milhões do negócio de processadores.

Os lucros da Qualcomm caíram drasticamente no último trimestre devido a atrasos no lançamento de seu carro-chefe, o Snapdragon 810, e a perda de um dos seus maiores clientes, a Samsung — e uma investigação antitruste por autoridades chinesas que levaram a uma multa de US$ 975 milhões. O CEO da Qualcomm, Steven Mollenkopf, afirmou que ele irá realizar uma revisão na estrutura de custos da empresa.

No último trimestre, o executivo disse que estava descontente com as perspectivas financeiras da Qualcomm, no entanto, não há nenhuma garantia de que isso irá resultar em uma separação iminente. Por outro lado, várias fontes relataram que, pelo menos, algumas demissões irão acontecer.

Via GSM Arena