Qualcomm supera estimativas do mercado com receita de US$ 5,5 bi no 3º trimestre

Por Redação | 05.11.2015 às 12:04

A fabricante de processadores Qualcomm divulgou seus resultados financeiros referentes ao terceiro trimestre deste ano, onde conseguiu superar as expectativas dos analistas. Apesar disso, as ações da companhia registraram queda devido ao alerta de que suas vendas e lucros do quarto trimestre serão significativamente inferiores aos do ano passado.

De acordo com os números financeiros divulgados, a Qualcomm ganhou US$ 1,4 bilhão, ou 91 centavos por ação, com uma receita de US$ 5,5 bilhões referente ao terceiro trimestre finalizado em 27 de setembro. Os analistas esperavam um lucro de 86 centavos por ação e receita de cerca de US$ 5,2 bilhões, após a Qualcomm afirmar em julho que esperava entre 75 e 95 centavos por ação e receita entre US$ 4,7 bilhões e US$ 5,7 bilhões. Para o quarto trimestre, a companhia prevê algo em torno de 80 a 90 centavos por ação, com receita entre US$ 5,2 bilhões e US$ 6 bilhões, bem abaixo do ano passado onde registrou US$ 7,1 bilhões.

Em julho, a companhia disse que iria remodelar seu conselho, cortar US$ 1,4 bilhão em custos e reduzir o número de funcionários em 15%. Desde então, a Qualcomm vendeu sua unidade de realidade aumentada, mas também tem intensificado seus esforços para expandir sua atuação além dos smartphones, incluindo o mercado de drones e câmeras de segurança.

"Sentimo-nos encorajados pela reação dos clientes em relação ao nosso carro-chefe, o Snapdragon 820. Estamos no caminho para cumprir nossas metas de redução de custos", disse em comunicado o CEO da empresa, Steve Mollenkopf. No entanto, ele também observou que a Qualcomm está levando mais tempo do que o esperado para concluir suas negociações com alguns clientes chineses. A empresa está com dificuldades para adaptar seus contratos aos novos termos estabelecidos pelo governo chinês. "O ponto-chave é que nós acreditamos que vamos resolver essas coisas", disse Mollenkopf.

O CEO da empresa também disse que o Snapdragon 820 foi projetado para mais de 60 dispositivos, mas se recusou a comentar sobre quais as empresas específicas que estão utilizando seu chip. "O feedback que temos obtido dos clientes é forte", disse. "É algo que vai contribuir para a força de nosso negócio em 2016".

Via Re/Code

Fonte: http://recode.net/2015/11/04/qualcomm-tops-estimates-on-strong-chip-sales-but-forecast-weak/