Qualcomm anuncia processador dedicado para realidade virtual e aumentada

Por Felipe Demartini | 30 de Maio de 2018 às 10h20
Tudo sobre

Qualcomm

A Qualcomm anunciou nesta quarta-feira (30) o lançamento da plataforma XR1, uma linha de processadores dedicada exclusivamente para aplicações de realidade aumentada e virtual. O foco, aqui, são os fabricantes de óculos e outros dispositivos do tipo, que passam a contar com uma solução dedicada a essa finalidade e com recursos exclusivos e adaptáveis.

O lançamento representa uma confirmação de rumores publicados no início da semana. Com a XR1, a Qualcomm deseja abraçar um mercado ainda em expansão e desenvolver recursos exclusivos para os aplicativos de AR e VR, trabalhando diretamente na interface com câmeras e na combinação entre uma solução pequena e eficiente dos pontos de vista energético e de processamento.

A otimização, por exemplo, vem na forma de um baixo consumo de energia e, também, em uma maior eficiência térmica para evitar aquecimento. Tudo graças a um sistema de inteligência artificial que serve não apenas para melhorar a vida dos desenvolvedores e tornar as aplicações mais intuitivas, mas também para entender as necessidades de cada momento e fazer uso dos recursos necessários, de forma a gastar menos bateria e, se necessário, reduzir seu funcionamento para que o conjunto não esquente demais.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Enquanto isso, a imersão total é prometida pelo suporte ao que há de mais alto em termos de resolução e framerate, com o XR1 permitindo a reprodução de vídeos em 4K e com uma contagem de 60 fps, dois quesitos essenciais para a realidade virtual. A aceleração por hardware e, novamente, o sistema de inteligência artificial, permitem otimizar tais funcionalidades, enquanto a integração com APIs de terceiros como OpenGL e Vulkan garantem mais recursos para as aplicações.

O mesmo vale para o campo do áudio, com o novo processador da Qualcomm trazendo suporte a assistentes de voz e também entregando um som de alta fidelidade. Aqui, a empresa fala em uma abordagem que chama de “sempre ligada, sempre ouvindo”, de forma a entender como o usuário está utilizando a tecnologia para entregar a melhor experiência possível, evitando que ele tenha que lidar com controles complicados e fazendo a maior parte das atividades por comandos sonoros.

Por fim, é claro, está a interface com controles de movimento e sensores que detectam o posicionamento dos usuários e também seu caminho pelo mundo, de forma a, novamente, entregar experiências mais interativas. Controles, joysticks e outros acessórios para esse fim também fazem parte do pacote.

De acordo com a Qualcomm, a ideia é que as fabricantes substituam a utilização dos chips Snapdragon, que vinham sendo adaptados e customizados para essa finalidade até agora. Nomes como Meta, VIVE, Picoare e Vuzix já estão nesse processo de troca e aparelhos com o XR1 estão em desenvolvimento. Os primeiros produtos com a nova tecnologia devem chegar, acredita a companhia, a partir do final deste ano.

Fonte: Qualcomm

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.