Processadores antigos da Intel não vão receber correção para a falha Spectre

Por Ramon de Souza | 04 de Abril de 2018 às 15h00
TUDO SOBRE

Intel

A Intel já começou a disponibilizar atualizações de segurança para seus processadores no intuito de corrigir a polêmica vulnerabilidade Spectre, que foi descoberta no mês de janeiro junto com sua “irmã” Meltdown. Contudo, a companhia decidiu que não irá desenvolver patches para alguns modelos antigos de CPUs, incluindo os componentes fabricados na arquitetura Penryn (como a família Core 2 Duo, Core 2 Solo, Pentium e Celeron).

De acordo com a empresa, a decisão de não proteger tais chips vem do fato de que eles quase não são utilizados nos dias de hoje e sequer são oferecidos comercialmente. A Intel também ressalta que, em alguns casos, nem mesmo os sistemas operacionais modernos possuem suporte a tais modelos — afinal, nós estamos falando de hardwares fabricados há pelo menos dez anos.

Além de CPUs da arquitetura Penryn, também não serão atualizados alguns processadores da arquitetura Sofia 3GR, Wolfdale, Yorkfield, Jasper Forest, Gulftown, Harpertown, Bloomfield e Clarkesfield. A maior parte dos modelos é voltada para uso em servidores. A Intel recomenda que usuários de equipamentos com tais componentes procurem cessar seu uso e adotar uma solução mais moderna.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Intel, Gizmodo

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.