Placas de vídeo GeForce estão superaquecendo e explodindo

Por Sérgio Oliveira | 04 de Novembro de 2016 às 09h24

Parece que a Samsung inaugurou uma moda no mundo da tecnologia: a dos gadgets explosivos. Depois dos sucessivos casos de explosão do Galaxy Note7, agora é a vez das placas de vídeo GeForce pegarem fogo. Em publicações no Reddit, usuários estão relatando problemas nas placas EVGA Nvidia GeForce GTX 1080 e GTX 1070, que estão superaquecendo e explodindo dentro dos computadores.

Em seus relatos, os usuários indicam que há um problema de falta de thermal pads nas placas e que até mesmo faíscas chegaram a sair delas. Relatos de casos mais graves indicam que a placa simplesmente parou de funcionar.

Ao que tudo indica, as placas da EVGA apresentam um problema de construção e seus módulos reguladores de voltagem estão superaquecendo além do recomendado pela Nvidia. Em seus documentos oficiais, a empresa define que a temperatura não pode ultrapassar os 95 graus Celsius, mas alguns usuários dizem que suas placas, sem overclocking, atingiram 107 graus, temperatura superior até mesmo à da própria GPU.

Imagens publicadas pelos redditors mostram componentes da GeForce estourados e queimaduras no corpo da placa de vídeo
Imagens publicadas pelos redditors mostram componentes da GeForce estourados e queimaduras no corpo da placa de vídeo

Imagens publicadas pelos redditors mostram componentes da GeForce estourados e queimaduras no corpo da placa de vídeo (Reprodução: Reddit)

Em comunicado, a EVGA reconheceu o problema e disse que fornecerá pacotes de thermal pads sem qualquer custo para os usuários prejudicados, além de oferecerem a instalação do componente para quem não souber fazê-lo. O problema é que a empresa não disse o que faria com as placas que efetivamente pegaram fogo e deixaram de funcionar. Será que o pessoal vai ficar no prejuízo? Cenas para os próximos capítulos.

Via ExtremeTech, Fudzilla

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.