Novo roteador permite espiar o que todos na sua casa estão fazendo

Por Redação | 06 de Novembro de 2015 às 08h11

Finalmente as empresas estão começando a lançar roteadores domésticos que são mais amigáveis para o usuário e, ao mesmo tempo, oferecem maior alcance e confiabilidade. O exemplo mais recente deste tipo de dispositivo é o Luma, lançado nesta quinta-feira (05).

O Luma é uma solução que usa o que seu fabricante chama de "Wi-Fi Surround", pois oferece um sinal mais forte e capaz de cobrir toda a casa. Assim como outras soluções semelhantes, o Luma usa uma única rede com vários pontos de acesso para aumentar o alcance do Wi-Fi.

Usuários que moram em apartamentos pequenos podem utilizar um único roteador deste modelo para ter um bom resultado, enquanto moradores de casas maiores podem precisar do kit com três (ou mais) Lumas.

Ligar um conjunto de dispositivos para estender a cobertura do Wi-Fi não é nenhuma novidade, mas o diferencial do Luma é que os roteadores adicionais não precisam de configuração – após a configuração inicial, os dispositivos adicionais são detectados e ajustados automaticamente.

Luma

O Luma está disponível em diferentes cores (Imagem: Divulgação)

Tudo é gerenciado por um simples aplicativo de smartphone, que também dá aos administradores da rede um nível de controle de acesso bem elevado. O controle parental do Luma, por exemplo, não se limita a possibilidade dos pais bloquearem certos tipos de sites; ele também permite que os pais vejam quais sites os filhos estão visitando em tempo real.

Dispositivos específicos também podem ser bloqueados na rede com apenas alguns toques e os pais ainda podem configurar timers que permitem que os filhos naveguem apenas por um determinado período de tempo.

O Luma está disponível em pré-venda na internet por um preço promocional: US$ 99 a unidade e US$ 249 o kit com três dispositivos. Após o período de pré-venda, os valores subirão para US$ 199 e US$ 499, respectivamente. Por enquanto, o produto está disponível apenas nos Estados e no Canadá, mas a empresa pretende expandir a comercialização para outros países em breve.

Via The Verge