Intel pede mais tempo e anuncia atraso na correção de novas falhas de segurança

Por Ramon de Souza | 09 de Maio de 2018 às 15h30
TUDO SOBRE

Intel

Recentemente, publicamos uma notícia a respeito de oito novas falhas que haviam sido encontradas em processadores da Intel — sendo que sete delas seguem a mesma estrutura da Spectre, que abalou os negócios da companhia no começo do ano. Pois bem: de acordo com informações do jornal alemão Heise Security, a fabricante vai atrasar a liberação dos patches que corrigem tais bugs, distribuindo-os apenas a partir do dia 27 de maio. A data original para o início das correções era segunda-feira (7).

A fonte da informação também revela que a empresa teria pedido “mais tempo” para os pesquisadores de segurança que descobriram as vulnerabilidades, visto que a descrição completa dos problemas também estava agendada para ser publicada há dois dias.

Se os especialistas acatarem o pedido da Intel, a marca pode dividir as atualizações em pequenos pacotes e atrasar ainda mais a sua distribuição, iniciando a campanha apenas em julho. De qualquer forma, os bugs só devem ser exterminados em sua totalidade no mês de agosto.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Vale lembrar que os exploits em questão atingem principalmente processadores da linha Core i e Xeon fabricados a partir de 2010, além de alguns modelos de Atom, Pentium e Celeron de 2013 para cá. Das oito falhas, quatro foram categorizadas como “risco médio” e quatro foram classificadas como “risco alto”.

Fonte: Apple Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.