Intel adia novamente a chegada da sua linha de processadores com 10 nanômetros

Por Eduardo Hayashi | 27 de Abril de 2018 às 14h25
photo_camera Reprodução
TUDO SOBRE

Intel

Alegando dificuldades no processo de fabricação dos chips de 10 nanômetros, a Intel informou que a sua nova linha de processadores, nomeada de "Cannon Lake", só chegaria ao mercado no final de 2018. No entanto, o prazo será prorrogado ainda mais, pois a empresa comunicou recentemente que a sua nova geração de CPUs deve ser produzida em larga escala somente em 2019.

Este é o segundo adiamento da Intel relacionado ao lançamento dos chips confeccionados com a tecnologia de 10 nanômetros, que estavam inicialmente previstos para chegar ao mercado em 2016. No final de 2017, a companhia informou que a série "Cannon Lake" seria distribuída em massa no final de 2018. Vale notar que a Intel já  está fabricando os seus processadores de 10 nanômetros, mas em volumes muito limitados.

A notícia em questão deixa a Intel atrás da TSMC e da Samsung, uma vez que ambas as fabricantes concorrentes já produzem chips de 10 nm para distribuição em massa. Além disso, já existem alguns rumores que apontam para um suposto desenvolvimento de semicondutores de 8 nm por parte da Samsung.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ainda que a informação de um novo adiamento não seja algo positivo para a Intel, isso não chegou a afetar os resultados financeiros da empresa no primeiro trimestre de 2018, com recorde de receita de US$ 16,1 bilhões e lucro de US$ 4,5 bilhões, o que representa um crescimento considerável de 50% em relação ao mesmo período no ano passado.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.