Funcionário teria roubado segredos de fabricação de GPUs da AMD e Nvidia

Por Redação | 08 de Maio de 2017 às 10h07

Um esquema de espionagem industrial parece ter atingido em cheio a AMD e a Nvidia, duas das maiores fabricantes de placa de vídeo do mundo. De acordo com relatos ainda não confirmados, um ex-funcionário da TSMC, que fabrica os componentes para ambas, teria roubado segredos de fabricação das GPUs nas unidades da companhia em Taiwan após ter conseguido um trabalho na rival chinesa HLMC.

No centro da questão estariam os processos de produção de chips em 28nm, essencial para a fabricação das placas de vídeo das duas companhias. A obtenção dos segredos faria parte de um acordo entre a HLMC e o funcionário, chamado apenas de Hsu, e envolvia a entrega tanto de esquemas e arquivos confidenciais quanto de materiais usados no processo em si.

Não se sabe se a entrega de tecnologias efetivamente aconteceu, mas autoridades alegam que o acusado foi preso antes de começar a trabalhar na empresa chinesa. O valor pago pelos segredos também não foi revelado e o caso nem mesmo seria a primeira ocasião em que a HLMC se viu envolvida em acusações de espionagem industrial.

No ano passado a empresa teria procurado contratar, de uma só vez, 50 engenheiros e pesquisadores da United Microelectronics (UMC). Entre os termos das contratações também estariam os segredos relacionados ao processo de fabricação de 28nm, justamente o que estaria no centro do suposto roubo da vez. Seria uma forma de a HLMC acelerar seu processo e obter mais contratos com marcas internacionais, mesmo que de forma ilícita.

O caso também aquece uma pequena guerra que acontece entre fabricantes de Taiwan e da China, que constantemente se veem envolvidas com suspeitas de espionagem industrial. Em um dos casos mais recentes, a Micron abriu um processo contra uma série de parceiras de produção na Ásia devido ao roubo de propriedade intelectual relacionada à produção de memórias RAM.

Devido ao caráter sensível do material que teria sido furtado, tais ações correm em segredo, com a imprensa sendo informada sobre o andamento apenas por meio de rumores ou informações oficiais reveladas pelas autoridades. Por enquanto, não houve pronunciamento oficial da AMD, Nvidia ou outros envolvidos no caso.

Fontes: Digitimes, PC Games N