ARM anuncia a Mali-G51, sua nova GPU focada em realidade virtual

Por Redação | 31 de Outubro de 2016 às 10h01

A realidade virtual ainda não engrenou de verdade, e um dos motivos são os altos custos dos equipamentos que proporcionam tal experiência. A ARM, porém, vem trabalhando em formas de baratear o acesso à tecnologia e anunciou nesta segunda-feira (31) sua mais nova GPU focada em realidade virtual, a Mali-G51.

O novo chip é baseado no G71, mas traz consigo menos núcleos para baratear seus custos e emprega a arquitetura Bifrost. Mas isso não significa que a GPU é menos potente que seu irmão maior, pelo contrário. Por ser focada e voltada especificamente para RV, a Mali-G51 consegue processar dois pixels de sombreamento por ciclo utilizando menos energia e espaço.

Nova GPU da ARM promete ser 60% mais econômica e entregar 60% mais desempenho em comparação com a Mali-T830. Chip é 30% menor que os anteriores e será capaz de rodar imagens em até 4K

Nova GPU da ARM promete ser 60% mais econômica e entregar 60% mais desempenho em comparação com a Mali-T830. Chip é 30% menor que os anteriores e será capaz de rodar imagens em até 4K (Reprodução: ARM)

Graças a essa característica, a solução da ARM consome 60% menos energia que uma Mali-T830 enquanto desempenha as mesmas tarefas. A expectativa da fabricante é que o novo chip comece a ser utilizado no fim de 2017 e seja um dos principais responsáveis por popularizar a realidade virtual em mercados emergentes em 2018.

Ou seja, embora estejamos nos encaminhando para uma RV mais barata, ainda temos um longo caminho até podermos dizer que ela, de fato, se tornou popular. Até lá, vamos torcer para que esta e outras soluções em conta deem certo.

Via ARM

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.