Apple registrou a substituição de 11 milhões de baterias de iPhones em 2018

Por Natalie Rosa | 15 de Janeiro de 2019 às 10h45
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

A Apple descobriu, em relatório financeiro recente, que a redução do valor da troca de bateria dos iPhones resultou em 11 milhões de substituições em um ano, 11 vezes mais que o normal. O procedimento costuma acontecer, em média, entre uma e duas milhões de vezes no mesmo período.

O desconto na troca de bateria começou a ser oferecido após um escândalo ganhar a atenção da mídia, revelando que a Apple reduzia o desempenho dos iPhones mais antigos para preservar as baterias relativamente gastas. Depois de assumir que o procedimento realmente era feito, a Apple anunciou que iria oferecer um desconto na reposição de baterias de determinados modelos de iPhone, para compensar a má comunicação com seus usuários. Com novas baterias, os iPhones não precisavam mais da necessidade de ter a sua capacidade reduzida.

Com a saída do primeiro relatório financeiro após o anúncio do desconto na troca das bateriais, um analista financeiro perguntou se a substituição traria prejuízos aos investidores, visto que os usuários poderiam preferir a medida em vez de adquirir novos iPhones. Em resposta, Tim Cook, CEO da companhia, disse que em nenhum momento se preocupou com o resultado que a troca traria para a Apple. "Nós fizemos isso porque pensamos que foi a coisa certa a se fazer por nossos clientes. Não sei o efeito que isso terá. E, novamente, não estava em nosso processo de pensamento decidir fazer o que fizemos", disse.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.