AMD lança a Radeon VII, primeira GPU de 7nm feita para o público gamer

Por Sérgio Oliveira | 07 de Fevereiro de 2019 às 23h00
AMD
Tudo sobre

AMD

Saiba tudo sobre AMD

Ver mais

A AMD anunciou nesta quinta-feira (7) o lançamento mundial da Radeon VII, a primeira GPU do mundo voltada para PC gamers fabricada em 7nm. Com ela, o foco da AMD é oferecer uma experiência melhorada em títulos AAA, realidade virtual e renderização 3D e de vídeos.

A proeza foi possível porque a Radeon VII é baseada na GPU Vega 20, que foi fabricada em 7nm pela TSCM, em vez do antigo chip Vega 10 utilizado nas RX Vega 56 e 64, fabricadas pela GlobalFoundries em processo de 14nm. Mas, na prática, o que isso significa?

Para começar, a nova placa de vídeo oferece 16 GB de memória HMB2 com largura de banda de até 1 TB/s e interface de 4.096 bits. Para efeito de comparação, é o dobro do oferecido pela já poderosa RX Vega 64.

Além disso, a Radeon VII oferece suporte a frequências maiores. As 60 unidades computacionais operam num clock base de 1.400 MHz, podendo chegar a até 1.750 MHz em boost. Na RX Vega 64, esses valores eram de 1.247 MHz e 1.546 MHz.

Tanto poder de fogo, diz a AMD, faz com que a Radeon VII seja capaz de rodar com folga gráficos Full HD com HDR ativado, ultrawide 1440p e Ultra HD 4K. Em testes comparativos feitos pela fabricante, a nova GPU apresentou desempenho 45% superior em relação à RX Vega 64 rodando Battlefield V e até 42% em relação a Strange Brigade. Em testes de benchmark o incremento é ainda maior, alcançando resultados até 62% melhores no LuxMark.

O problema é que esses números não surpreenderam tanto veículos internacionais, já que puseram as mãos na nova GPU e constataram que ela não cumpre a promessa da AMD de superar a GeForce RTX 2080. O Ars Technica, por exemplo, foi categórico e afirmou que a Radeon VII ficou atrás da concorrente em praticamente todos os testes, mesmo que a margem tenha sido muito pequena.

Por exemplo, rodando Shadow of the Tomb Raider, a placa da AMD cravou uma média de 39 quadros por segundo rodando em 4K, enquanto a RTX 2080 marcou 44 fps. A diferença em Hitman 2 rodando em 4K foi maior: a Radeon VII teve média de 48,5 quadros por segundo, enquanto a concorrente ficou na casa dos 57,9 FPS.

Nos testes do Ars Technica, nova GPU da AMD ficou atrás da concorrente RTX 2080
Nos testes do Ars Technica, nova GPU da AMD ficou atrás da concorrente RTX 2080 (Imagem: Reprodução/Ars Technica)

O AnandTech, por sua vez, elogiou o trabalho da AMD em trazer um chip de 7nm originalmente pensado para aplicações profissionais para o segmento gamer. A aposta valeu a pena e o veículo constatou que a nova placa é 24% mais rápida que sua antecessora rodando em 1440p.

A pedra no sapato chamada RTX 2080, porém, voltou a ofuscar todo o brilhantismo da ideia. No comparativo com ela, a Radeon VII foi até 6% mais lenta, só se sobressaindo em dois jogos: Far Cry 5 e Battlefield 1.

Nos testes do AnandTech, Radeon VII superou a RTX 2080 apenas nos testes de Far Cry 5 e Battlefield 1 (Imagem: Reprodução/AnandTech)

Não resta dúvidas de que a diferença de desempenho é mínima e talvez nem incomode os menos exigentes. Mas o que pega mesmo é que a Radeon VII chegou às lojas custando exatamente o mesmo valor que a GeForce RTX 2080: US$ 699.

Resta esperar para ver se o lançamento de novos drivers e a otimização de jogos para a nova GPU vai deixá-la mais redondinha, ou se a AMD reduzirá seu preço em algum momento próximo. Caso nada disso aconteça, o modelo concorrente será mais atraente para quem estiver antenado nisso.

Com informações do Ars Technica e do AnandTech

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.