AMD anuncia novos processadores Ryzen Pro 3000 com criptografia da memória RAM

Por Sérgio Oliveira | 07 de Outubro de 2019 às 14h42
AMD
Tudo sobre

AMD

Saiba tudo sobre AMD

Ver mais

A AMD anunciou sua nova linha de processadores Ryzen Pro 3000 voltada para o público corporativo e profissional. Ao todo são oito novos chipsets, que vão desde o basicão Athlon Pro 300GE, que vem com apenas dois núcleos e quatro threads; até o topo de linha Ryzen 9 Pro 3900, um monstro de 12 núcleos e 24 threads.

Toda essa disparidade faz sentido, principalmente porque, dentro da linha, há duas faixas específicas de público-alvo que a AMD mira. A primeira delas é a do público corporativo e profissional; a segunda, de público mais casual, que não precisa de tanto poder de processamento assim.

Para o público corporativo e profissional

A primeira classe é atendida pelos Ryzen 9 Pro 3900, Ryzen 7 Pro 3700 e Ryzen 5 Pro 3600, os topos de linha anunciados pela fabricante norte-americana. Os três têm como base a microarquitetura Zen2 Matisse, compatibilidade com soquete AM4 e 65W de TDP. Além disso, os novos Ryzen Pro 3000 têm suporte a todos os recursos da série Pro da AMD, incluindo inicialização segura, gerenciamento DASH e o Memory Guard, um sistema transparente de criptografia da memória RAM que coloca os componentes um nível acima em matéria de segurança no comparativo com os Ryzen 3000 tradicionais.

O único revés desses modelos é que eles são puramente CPUs, logo não possuem gráficos integrados — o que obriga o consumido a adquirir uma placa gráfica, por mais básica que seja, fora a parte.

AMD Ryzen Pro 3000 Zen2 Matisse
Cores / Threads Frequência Cache L2 + L3 GPU TDP
Base Boost
Ryzen 9 Pro 3900 12 / 24 3.1 GHz 4.3 GHz 70 MB Não possui 65 W
Ryzen 7 Pro 3700 8 / 16 3.6 GHz 4.4 GHz 36 MB Não possui 65 W
Ryzen 5 Pro 3600 6 / 12 3.6 GHz 4.2 GHz 35 MB Não possui 65 W 

Para o público consumidor

Mirando um público-alvo menos exigente, a segunda faixa dos novos Ryzen Pro 3000 compreende cinco processadores fabricados com base na arquitetura Zen+ Picasso de 12 nm. Esses modelos são mais simples, mas já vêm equipados com GPU Radeon Vega integrado, o que nos permite classificá-los como chipsets, além de contarem com todos os recursos de segurança mencionados anteriormente.

Nessa categoria, o topo de linha é o Ryzen 5 Pro 3400G, que vem equipado com quatro núcleos operando a até 4,2 GHz em modo Boost. Por outro lado, o já mencionado Atlhon Pro 300GE é o mais humilde de todos, contando apenas com dois núcleos operando a, no máximo 3,3 GHz.

AMD Ryzen Pro 3000 Zen+ Picasso
Cores / Threads Frequência Cache L2 + L3 GPU TDP
Base Boost
Ryzen 5 Pro 3400G 4 / 8 3,7 GHz 4,2 GHz 6 MB 11 CUs 65 W
Ryzen 5 Pro 3400GE 3,3 GHz 4 GHz 35 W
Ryzen 3 Pro 3200G 4 / 4 3,6 GHz 4 GHz 8 CUs 65 W
Ryzen 3 Pro 3200GE 3,3 GHz 3,8 GHz 35 W
Athlon Pro 300GE 2 / 4 2,4 GHz 3,3 Ghz 5 MB 3 CUs 35 W

Disponibilidade

Embora sejam promissores, sobretudo no quesito segurança, os novos Ryzen Pro 3000 não estarão disponíveis para compra avulsa — pelo menos não por enquanto. A AMD anunciou que os componentes serão entregues a partir do quarto trimestre de 2019 diretamente às fabricantes de PCs, com o HP EliteDesk 705 G5 e os Lenovo ThinkCentre q-M75s-1 SFF e M Tiny sendo os primeiros a chegarem ao mercado equipados com os processadores. Por conta disso, não há qualquer previsão de preço para o consumidor final.

Com informações Anandtech, ArsTechnica

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.