Versão 3.9 do kernel Linux é anunciada

Por Redação | 02.05.2013 às 07:00

Linus Torvalds, criador do Linux, anunciou esta semana a versão 3.9 do Kernel. Esta nova versão foca em melhorias nas tecnologias de armazenamento, conexão de rede, sistema de arquivos, gerenciamento de energia, drivers e virtualização, além de outros avanços menores.

Uma das novidades, ainda a título experimental, é a capacidade de utilizar um drive SSD como cache persistente do sistema operacional, aumentando significativamente as velocidades de leitura e escrita e aliviando o disco rígido com cópias e escritas quando a carga de uso estiver baixa.

Essa é uma tecnologia encontrada em muitos Ultrabooks mais baratos, que trazem um disco SSD pequeno somente para cache (geralmente de 8 a 32 GB) junto com um disco rígido de maior capacidade (em torno de 500 GB) utilizando a tecnologia Intel Smart Response. Isso faz com que qualquer Ultrabook possa utilizar este cache com o Linux, ao contrário do cenário típico que só funciona com o Windows.

Kernel 3.9

Os novos modelos da geração de placas de vídeo AMD Radeon série 8000 (que ainda não estão disponíveis até o fechamento desta matéria) já são suportados, assim como novos estágios de suspensão da máquina, possibilidando focar em uma inicialização mais rápida ou menor consumo de energia em stand-by.

É possível conferir a lista completa de novidades no site oficial do Kernel Linux.