Qualcomm lançará processador para smartwatches ainda este ano

Por Redação | 22 de Maio de 2014 às 08h32
TUDO SOBRE

Qualcomm

O ramo de tecnologias vestíveis, como os relógios inteligentes, ainda está engatinhando, mas analistas avaliam que o potencial de mercado chega a quase US$ 20 bilhões nos próximos cinco anos.

E a Qualcomm não ficará de fora da jogada. A empresa, que atualmente é a maior fabricante de processadores para smartphones e tablets do mundo, afirmou que também entrará no novo mercado, que possui características únicas e ainda é pouquíssimo explorado.

Muito embora a companhia já possua seu próprio relógio inteligente, o Toq, que custa US$ 250, e as concorrentes também, todos eles utilizam versões adaptadas de processadores para smartphones ou até mesmo tablets.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Novos smartwatches Samsung

Novos smartwatches da Samsung, da segunda geração

Devido às dimensões reduzidas do gadget, um processador adequado é fundamental para se obter todo o seu potencial e principalmente melhorar a autonomia da bateria - que também não pode ser grande.

Até o momento, a única empresa que tem um processador específico para dispositivos vestíveis é a MediaTek. Chamado de "Aster", ele começará a ser produzido só no terceiro trimestre desse ano.

De acordo com o portal GSMArena, o presidente da divisão taiuanesa da empresa, Eddie Chang, afirmou que a Qualcomm já está preparando o SoC (System on Chip) e que eles já tem tudo para o novo processador. A expectativa é que a produção seja iniciada em breve.

Ainda não foram anunciados parceiros para o SoC, nem especificações técnicas, mas segundo Chang, até o final do ano já devem surgir dispositivos utilizando os novos processadores.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.