Qualcomm ataca Apple e fala poucas e boas sobre a empresa da maçã

Por Redação | 12 de Dezembro de 2012 às 15h15

Ainda a respeito da disputa judicial de patentes entre Samsung e Apple, a Comissão Internacional de Comércio (International Trade Commission) decidiu perguntar a opinião de algumas empresas ligadas ao assunto. E foi aí que a Qualcomm decidiu colocar a boca no trombone contra sua cliente, a Apple.

A Qualcomm não só discordou de certas atitudes da empresa da maçã como também atacou abertamente a Apple em um documento oficial. Ela não teve papas na língua ao dizer que a empresa de Tim Cook está se esquivando do pagamento de royalties referentes a patentes dentro do termo FRAND (Fair, Reasonable and Non-Discriminatory ou em português, justas, razoáveis e não discriminatórias), e que ela deveria se envergonhar por isso.

Segundo informações da FOSS Patents, a palavra "farsa" aparece na declaração da Qualcomm. A empresa se refere à defesa contra a cobrança baseada em patentes FRAND da Apple como "uma farsa total". O texto da Qualcomm para a Comissão Internacional também cita diversos aspectos da posição da Apple e os chama de "absurdos".

Apesar da Comissão ter questionado a Qualcomm sobre o assunto, a empresa não tinha obrigação de se manifestar, afinal as duas empresas envolvidas (Apple e Samsung) são suas clientes. A Apple representa 12% do faturamento total da companhia, enquanto a Samsung é responsável por 10% dos números.

Na verdade, a Qualcomm não está muito interessada na vitória nem da Samsung e nem da Apple. A fabricante está realmente interessada em sua capacidade de monetizar agressivamente com as SEPs, que são as patentes identificadas pelas empresas de tecnologia como necessárias para poder fabricar produtos compatíveis.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!