China dobra recorde anterior e lidera entre computadores mais rápidos do mundo

Por Redação | 17 de Junho de 2013 às 16h18

A cada seis meses, a organização 'Top500' divulga sua lista com os supercomputadores mais rápidos do mundo, que tem se mostrado bastante movimentada. O supercomputador mais rápido do momento é o chinês 'Tianhe-2', capaz de fazer 33,86 quadrilhões de operações por segundo (ou 33,86 petaflops). Este número é duas vezes maior do que o 'Titan', recordista anterior que tem um valor de referência de 17,59 petaflops.

Diversas máquinas já figuraram pela lista da Top500. Em junho de 2011, por exemplo, quem levou o título de mais rápido do mundo foi o supercomputador japonês 'K'. Já em junho de 2012, foi o 'Sequoia', da IBM, e em novembro quem assumiu a liderança foi o 'Titan', da Cray.

O vencedor do momento, o 'Tianhe-2', foi construído pela Universidade Nacional de Tecnologia de Defesa da China. Ele é o sucessor do Tianhe-1A, que encabeçou a lista dos supercomputadores mais rápidos do mundo em novembro de 2010. Ele será implantado no Centro Nacional de Supercomputação em Guangzho, na China, dois anos antes do previsto.

A super máquina é constituída por 32 mil processadores Intel Xeon E2-2692 de 12 núcleos, e 48 mil processadores Xeon Phi, cada um com mais de 50 núcleos de processamento. No total, são 3,12 milhões de núcleos de processamento e 1 petabyte de RAM, rodando 'Kylin Linux', uma distribuição do sistema desenvolvida na própria universidade chinesa.

Na lista de junho de 2013 da Top500, o 'Titan' da Cray ocupa o segundo lugar, enquanto o 'Sequoia' da IBM fica com a terceira posição. O quarto lugar ficou com o supercomputador japonês 'K', seguido pelo 'Mira' da BlueGene/Q.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.