O que compensa mais: comprar um computador pronto ou escolher os componentes?

Será que compensa comprar um computador fechado?

Na hora de comprar um computador novo, o que compensa mais? Escolher entre os modelos disponíveis nas lojas ou selecionar componente por componente até chegarmos na configuração ideal para nós? Alguns preferem a praticidade de simplesmente ter acesso à máquina, ligar na tomada e começar a utilizar, outros dizem que os componentes dessas máquinas não são de qualidade e por isso preferem escolher todas as peças e montá-las, uma por uma.

Embora muitos digam que montar a máquina do zero é a melhor opção, não são todas as pessoas que se aventuram a fazer isso por conta própria, e muitas vezes pagar um valor adicional para que um especialista a monte torna o custo final inviável, além do risco de arcar com o prejuízo de queimar algum componente durante a montagem.

Para quem não está disposto a correr esse risco e prefere que as suas máquinas já venham montadas, existem empresas que permitem que o usuário escolha dentre uma série de opções na hora da compra, como processador e quantidade de memória. Segundo o gerente de produtos da Dell América Latina, Carlos Augusto Buarque de Almeida, máquinas montadas oferecem muito mais confiabilidade e desempenho. "Você tem uma garantia do funcionamento dos componentes".

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Usuários avançados sempre preferiram montar as suas próprias máquinas

"Existe uma série de padrões no mercado de informática. Você fala: então eu compro uma placa-mãe X, uma placa de vídeo Y, mas a coisa não é tão simples assim", diz Augusto. Se montarmos nossa máquina e não dimensionarmos direito, corremos o risco não só de não ter a performance que esperávamos, mas que as peças também sejam incompatíveis entre si.

"Essa garantia do funcionamento dos diferentes componentes da máquina é um dos primeiros pontos", diz Augusto sobre as vantagens em se comprar uma máquina montada e coberta pela garantia de fábrica. Outra grande vantagem apontada pela empresa é o pouco tempo que os computadores ficam estocados, o que significa que o consumidor terá acesso a eles como se tivessem acabado de sair de fábrica. "Às vezes leva uns 7 dias, às vezes leva 14 dias para o cliente receber a máquina por conta disso".

Computadores montados pela empresa e vendidos diretamente ao consumidor parecem o meio termo entre os dois mundos, onde nem tantas opções e configurações são ofertadas, mas existe a garantia que todos os componentes funcionarão de forma balanceada e não ocorrerão erros. Esse modelo de negócios é adotado pela Apple faz bastante tempo em sua linha de Macbooks e Macs e realmente parece ser a melhor alternativa para o consumidor.

Dell

Do outro lado da moeda temos lojas especializadas em montagem de máquinas, como é o caso da Satcomp Informática, localizada na tradicional rua Santa Ifigênia, em São Paulo. “Depende do propósito do equipamento. Se é o primeiro computador, é melhor que ele compre um Dell ou um HP”, diz Reinaldo Martins, funcionário da loja. “Mas se o usuário quer o computador para uma aplicação mais gráfica, não precisa nem ser jogo, mas rodar um 3DMax ou AutoCAD, ele não tem esse perfil de equipamento na Dell, por exemplo. É nessa lacuna que o pessoal da Santa Ifigênia acabou operando”.

“90% dos computadores que nós vendemos são para jogos”, mostrando que este ainda é um segmento pouco explorado pelas marcas mais conhecidas. “No mercado que eles atendem eles são eficientes, sim. Computadores simples não são nem o nosso foco, é melhor que estes modelos sejam tratados pelos grandes”.

Sobre a garantia, ponto que muitos usuários ficam com um pé atrás na hora de montar uma máquina, Reinaldo explica que “ela é feita peça por peça. Se o usuário conseguir identificar o defeito e ainda estiver coberto pela garantia a gente troca a peça na hora. Depois a gente se entende com o fabricante”, afirma. Peças vendidas individualmente costumam ter a garantia de um ano, em alguns casos chegando a 5 anos em produtos de marcas mais especializadas.

E você, leitor? Prefere montar as suas máquinas ou comprá-las direto da loja? Qual acha que oferece melhor desempenho e maior durabilidade? Comente!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.