Novos processadores da AMD só chegarão em 2016

Por Redação | 10.09.2014 às 09:40

Em um movimento um tanto quanto previsível, a AMD decidiu que só anunciará novos processadores em 2016. E quando dizemos novos, estamos nos referindo à arquitetura, já que desde o lançamento do Bulldozer, no final de 2011, a empresa tem trabalho com basicamente o mesmo core de alto desempenho. Os modelos subsequentes, como o Vishera, são melhorias no design original do Bulldozer em relação ao funcionamento interno e melhor eficiência energética, não sendo processadores novos de fato.

Segundo o Tweaktown, a AMD anunciou seu cronograma oficial de lançamentos até 2016 e não há novos modelos de alto desempenho a serem lançados nesse meio tempo. É muito provável que vejamos uma nova modificação do Bulldozer ainda em 2015, conhecida como Excavator, mas, tecnicamente, é o mesmo processador.

AMD

Enquanto isso, na terra das APUs (Accelerated Processing Unit - processador e placa de vídeo em um mesmo envelope térmico), as notícias são bem promissoras. Além de um cronograma bem definido, com o Carrizo substituindo o Kaveri em 2015, a AMD pretende fazer com que eles trabalhem em conjunto com processadores ARM ainda na próxima geração, o que é interessante por uma série de motivos.

Porém, temos uma das possibilidades mais promissoras por parte da AMD: a quinta geração de APUs, a que será lançada ainda em 2015, provavelmente contará com um modelo hexa-core. Esta será a primeira geração a contar com tal característica, já que desde a primeira geração a empresa utilizava no máximo 4 núcleos mesmo nos modelos mais avançados. A velocidade máxima de operação, registrada pelo WCCFTech, é de 4,4 GHz, contra o Turbo de 4,0 GHz da geração Kaveri atual em modo Turbo.

Mais do que isso, essa nova geração utiliza uma litografia de 20 nm, o que explica a TDP um pouco menor menor de 95 watts (comparada com a geração Richland) apesar dos núcleos extras e frequência de operação maior. A GPU integrada continua sendo da linha R7, mas provavelmente receberá um upgrade de especificações no Carrizo.

Abaixo temos o screenshot do A10-8890K (o "K" significa que o multiplicador de clock é destravado, permitindo overclocks para frequências ainda maiores):

AMD

Se você ficou curioso e quer saber mais ainda sobre as expectativas dessa geração, nós preparamos uma matéria especial com os principais detalhes e contando com a AMD resolverá os gargalos de sua arquitetura de alto desempenho.