IBM anuncia nova solução para o Big Data: o silício nanofotônico

Por Redação | 17 de Dezembro de 2012 às 18h00
chip silício nanofotônico_ibm

A IBM anunciou esta semana um grande avanço no que diz respeito à produção de um novo modelo de chip capaz de viabilizar a transferência de um grande volume de dados. A tecnologia, chamada de "silicon nanophotonics" ("silício nanofotônico"), utiliza pulsos de luz em vez de sinais elétricos para transferir as informações.

"Este avanço da tecnologia é um resultado de mais de uma década de pesquisa pioneira na IBM. Isso nos permite utilizar a tecnologia do silício nanofotônico em um ambiente de produção no mundo real que terá impacto em toda uma gama de aplicações" disse o Dr. John E. Kelly, vice-presidente sênior e diretor de pesquisa da IBM.

O novo componente é baseado na arquitetura de 90nm e possui integração com a tecnologia dos CIs convencionais. A taxa de transferência da nova tecnologia desenvolvida pela IBM pode chegar a 25 Gbps.

As empresas estão entrando em uma nova era de computação que requer sistemas para processar e analisar, em tempo real, grandes volumes de informações (conhecido como Big Data). A tecnologia do silício nanofotônico proporciona respostas a desafios do Big Data, como a conexão contínua com várias partes de sistemas de grandes dimensões, além de mover terabytes de dados por meio de impulsos de luz.

A companhia ainda não falou a respeito de preços e data de lançamento no mercado, mas garante que os valores da produção em larga escala serão viáveis.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.