Gás hélio garantirá mais espaço de armazenamento aos HDs

Por Redação | 15 de Setembro de 2012 às 15h25
photo_camera Gizmodo

Um tipo de HD diferente foi anunciado essa semana pela fabricante Western Digital. Com sua estrutura inalterada, o compartimento do disco rígido continua sendo o mesmo: alguns discos e cabeças magnéticas que gravam dados. A diferença está no gás utilizado no hardware: em vez de ar comum, será utilizado gás hélio, para garantir maior capacidade de armazenamento e menor consumo de energia. Saiu no PCWorld.

A ideia foi desenvolvida pela Hitachi, subsidiária da Western Digital. O gás hélio permite que o HD trabalhe sob temperaturas mais elevadas e utilize discos mais finos. Assim, cabem mais discos no espaço, o que aumenta a capacidade de armazenamento do HD.

Se um HD convencional armazena 4TB, um utilizando gás hélio armazenará 5,6. A Hitachi aposta no emprego destes novos discos rígidos em datacenters, pois o aumento da capacidade de armazenamento é bastante significativo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

De acordo com o planejamento da empresa, a partir do ano que vem começaremos a ver alguns exemplares destes novos HDs no mercado, mas a produção em massa do hardware deve começar no prazo de 2 anos. A Hitachi adianta que os preços dos novos dispositivos não será nada abusivo.

O único problema é que as reservas de gás hélio podem se esgotar em menos de 30 anos. A partir de então, tais itens se tornarão preciosidades de altíssimo custo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.