Engineered Systems melhoram e muito o desempenho do ambiente de TI

Por Colaborador externo | 27 de Outubro de 2014 às 17h31

por Juliana Ferreira*

O gerenciamento de processos complexos dentro das organizações costumam render algumas dores de cabeça para os CIOs, uma vez que existem inúmeros elementos interdependentes que são essenciais para o sucesso de uma determinada atividade. Os equipamentos chamados Engineered Systems são importantes instrumentos que simplificam o ambiente de TI e, assim, conseguem garantir o aumento da produtividade e melhorar seu desempenho, além de reduzir o consumo de energia, espaço físico destinado aos equipamentos e os custos de manutenção.

Existe uma grande quantidade de soluções no mercado que otimizam a área de TI, garantem baixos custos para toda a operação, bem como aceleram o processo de inovação nos negócios. Em termos mais didáticos, essas soluções são como módulos que permitem adaptar sua infraestrutura, dessa forma ampliando suas funções. As principais vantagens são simplificar consideravelmente o gerenciamento de ativos e entregar mais flexibilidade.

Trata-se de uma espécie de “caixa preta” com todos os elementos de hardware exigidos pelo ambiente de TI que já vem montado com servidores, storage, switches e os demais recursos integrados e configurados da maneira mais performática. Essas soluções permitem que os CIOs diminuam custos de produção empresarial, evitando desperdícios de tempo, mão de obra e infraestrutura.

Engineered Systems também são vantajosos por serem desenhados, arquitetados e testados para unir componentes de hardware, entregando alta disponibilidade e eficiência, além de promoverem aumento da segurança. Das inúmeras aplicações possíveis destacam-se sistemas para database, storage, cloud computing e big data, sendo os dois últimos considerados a vanguarda do segmento de TI e, por isso, necessitam de soluções inovadoras para serem implementados.

Do ponto de vista gerencial esses equipamentos permitem um olhar bastante crítico e analítico sobre o ambiente como um todo e oferecem flexibilidade para os ajustes necessários, a fim de otimizar a performance. Um ponto de atenção é que a migração de um ambiente de TI para dentro de um Engineered System demanda um serviço de uma consultoria especializada nesse tipo de sistema para ser bem sucedido, já que existem vários fatores a serem planejados e executados.

*Juliana Ferreira é sócia-diretora executiva da A2F, empresa especializada em soluções críticas na área de Tecnologia da Informação.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.