Polícia Federal prende quadrilha que fraudava compras na web

Por Redação | 20.05.2016 às 06:41

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira (18) uma quadrilha especializada em compras fraudulentas pela internet durante a operação conhecida como Chargeback. De acordo com a organização, os criminosos utilizavam cartões clonados e furtavam dados dos usuários de internet bankings para aplicar os golpes.

A investigação teve início após a prisão de um dos integrantes da quadrilha em janeiro deste ano. O criminoso foi detido quando tentava retirar uma mercadoria em uma agência dos Correios, e essa mercadoria havia sido comprada online com cartões de crédito e dados cadastrais de uma outra pessoa, que não tinha conhecimento de que seus dados haviam sido roubados. Para não fornecer um endereço de entrega que remetesse aos criminosos, eles realizavam as compras com endereços inexistentes, que retornavam às agências de Correios onde os bandidos faziam a retirada pessoalmente. Depois, colocavam os produtos à venda pela internet com preços abaixo dos praticados no mercado.

De acordo com a polícia, os criminosos conseguiam informações das vítimas por meio de compra de dados no mercado clandestino e também por meio de hackers. Ao todo, 50 agentes da PF foram envolvidos, expedindo 12 mandados de prisão preventiva, 12 de busca e apreensão e 3 de condução coercitiva na cidade de Palmas e em Luzimangues, no Tocantins. Alguns dos indiciados têm histórico de homicídio e tentativa de homicídio em suas fichas criminais.

Agora, os presos serão indiciados por crimes de falsificação de documentos, invasão de dispositivo informático alheio, furto qualificado mediante fraude, receptação, lavagem de dinheiro e por integrar organização criminosa.

Fonte: G1