Imgur confirma ataque hacker que expôs dados de mais 1,7 milhão de usuários

Por Redação | 27 de Novembro de 2017 às 12h20

O Imgur, uma das maiores plataformas de armazenamento de imagens do mundo, acaba de confirmar uma falha que deixou expostos dados de 1,7 milhão de usuários do mundo todo. O ataque hacker aconteceu em 2014, causando o roubo de e-mails e senhas.

A invasão foi descoberta no último dia 23 de novembro por um especialista de segurança chamado Troy Hunt, do site Have I Been Pwned, e, de acordo com as informações, as vítimas já estão sendo notificadas. O ataque aconteceu devido a uma falha do algoritmo de criptografia usado na época, o SHA-256, que deixou de ser usado em 2016.

Roy Sehgal, chefe de operações do Imgur, se manifestou sobre o caso:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Nós levamos a proteção das informações muito a sério e vamos conduzir uma vistoria interna para revisar nossos sistemas e processos", disse. 

A empresa também comentou sobre a falha no Twitter:

"No dia 23 de novembro fomos notificados sobre uma falha de segurança no Imgur ocorrida em 2014. Enquanto estamos investigando ativamente a invasão, queremos informar o mais rápido possível sobre o que sabemos e o que vamos fazer", diz o tweet acompanhado de um link para o blog oficial com as informações.

Nenhum outro dado importante foi vazado, como números de telefone, endereços ou nomes completos, pois a empresa não costuma pedir por esses dados na hora do cadastro.

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.