Hackers vazam fotos íntimas de Miley Cyrus, Kristen Stewart e mais celebridades

Por Redação | 28 de Agosto de 2017 às 09h43

Uma nova onda de vazamento de fotos íntimas atingiu celebridades como a cantora Miley Cyrus e as atrizes Kristen Stewart e Anne Hathaway. As imagens começaram a surgir ao longo das duas últimas semanas e foram obtidas de maneira ilegal, a partir do compartilhamento irregular dos dados que estavam nos smartphones das vítimas.

Também foram atingidos o jogador de golfe Tiger Woods, que aparece em imagens ao lado da esquiadora profissional Lindsey Vonn, a cantora Nicole Scherzinger e as atrizes Kaley Cuoco (de The Big Bang Theory) e Addison Timlin (que esteve no elenco de Californication). Em alguns casos, vídeos também foram disponibilizados na rede.

Todo o conteúdo foi postado em um único site ao longo de vários dias, o que indica que os vazamentos podem estar conectados. Não se sabe ao certo, entretanto, se os casos estão relacionados a uma única invasão, usando uma brecha em sistemas do iOS ou Android, por exemplo, ou se houve alguma campanha de phishing ou roubo de informações focada diretamente nas celebridades.

De todas as vítimas, a única a se pronunciar oficialmente sobre o assunto foi Vonn, que confirmou ter sido hackeada, com suas fotos pessoais roubadas. Ela disse estar tomando as medidas legais cabíveis para levar os responsáveis à justiça, além de punir os sites que servem como pontos de compartilhamento para o material.

Informações da imprensa americana indicam ainda a realização de uma campanha direcionada, com os vazamentos acontecendo de forma simultânea, mas liberados aos poucos. As fotos teriam sido vendidas a um único site, que vem soltando as fotos desde o início de agosto, começando pela atriz Allison Brie (de Community e Glow) e seguindo ao longo das semanas pelas celebridades já citadas.

Se este for mesmo o caso, toda a situação lembra o que aconteceu em 2014, quando uma grande campanha de roubo de dados atingiu as contas do iCloud e Gmail de dezenas de celebridades. Nomes como Jennifer Lawrence, Kirsten Dunst, Krysten Ritter e a atleta Hope Solo estiveram entre as vítimas.

Devido ao tamanho do vazamento, também, a situação gerou uma grande operação policial que levou a diversas prisões e à condenação de Ryan Collins, que seria um dos principais responsáveis pelas invasões, a um ano e meio de prisão. Edward Majerczyk, que teria ajudado a divulgar as imagens, recebeu pena de nove meses.

Fonte: WCCF Tech