Hackers usaram Internet das Coisas para derrubar Twitter, PSN, Spotify e outros

Por Redação | 21.10.2016 às 21:06
photo_camera scyther5

Na tarde desta terça-feira, vários serviços e sites de gigantes da tecnologia tiveram seus serviços derrubados, interrompidos ou afetados devido a um ataque de negação de serviço direcionado à empresa de hospedagem de DNS Dyn. Passadas algumas horas do alvoroço causado, alguns especialistas confirmaram suas suspeitas: os hackers envolvidos no processo utilizaram a Internet das Coisas para conseguir gerar tantos acessos.

Segundo informações da CNBC, um porta-voz da Dyn afirmou que vários gravadores de vídeo (DVRs), impressoras e até eletrodomésticos conectados foram utilizados no ciberataque. O vídeo da reportagem (em inglês) conta os detalhes:

Quem mais sofreu com o incidente foi a costa leste dos Estados Unidos, mas usuários brasileiros também relatam dificuldades para acessar serviços como PSN, Xbox Live, Spotify, Twitter, Soundcloud, Airbnb, GitHub, Reddit e Netflix. Todos estes serviços funcionam com base nos servidores DNS da Dyn.

Ainda sem conhecer a real origem dos ataques, os engenheiros da Dyn relatam que houve no mínimo três ondas de ataques durante esta sexta-feira (21): uma às 9h e as outras duas a partir das 14h. O Departamento de Segurança Nacional dos EUA já está ciente do caso e iniciou as investigações das possíveis causas que teriam levado os hackers a executarem todo o processo.

Fique por dentro da história completa:

Via CNBC (YouTube)